Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Biblioteca da Daniela

A Biblioteca da Daniela

Divulgação: A Cada Dia, de David Levithan

31.01.15, Daniela S.

Sinopse retirada do site da BertrandA cada dia, A acorda no corpo de uma pessoa diferente. Nunca sabe quem será nem onde estará. A já se conformou com a sua sorte e criou regras para a sua vida:
Nunca se apegar muito. Evitar ser notado. Não interferir.
Tudo corre bem até que A acorda no corpo de Justin e conhece Rhiannon, a namorada de Justin. A partir desse momento, as regras de vida de A não mais se aplicam. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer estar a cada dia, todos os dias.

Divulgação (reedição): Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago

30.01.15, Daniela S.
Há algum tempo queria comprar esta obra, mas nunca a tinha visto à venda, a não ser com uma capa já um pouco mal tratada. No entanto, a Porto Editora, finalmente, decidiu reeditar este famoso e ilustre livro de José Saramago. Tenho mesmo que comprá-lo!


Sinopse retirada do site da Bertrand: Um homem fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro no meio do trânsito. A cegueira alastra como «um rastilho de pólvora». Uma cegueira coletiva. Romance contundente. Saramago a ver mais longe. Personagens sem nome. Um mundo com as contradições da espécie humana. Não se situa em nenhum tempo específico. É um tempo que pode ser ontem, hoje ou amanhã. As ideias a virem ao de cima, sempre na escrita de Saramago. A alegoria. O poder da palavra a abrir os olhos, face ao risco de uma situação terminal generalizada. A arte da escrita ao serviço da preocupação cívica. 

Caligrafia da capa por Chico Buarque.

Divulgação: Escritos Secretos, de Sebastian Barry

30.01.15, Daniela S.

Sinopse retirada do site da Bertrand: Roseanne McNulty tem perto de cem anos e é a doente mais antiga do hospital de saúde mental de Roscommon. O doutor Grene, o psiquiatra encarregado da avaliação dos pacientes, sente-se intrigado pela história daquela mulher, que passou os últimos sessenta anos da sua vida em instituições psiquiátricas. Enquanto o médico investiga, Roseanne faz uma retrospectiva das suas tragédias e paixões, que vai registando no seu diário secreto, desde a turbulenta infância até ao casamento que lhe prometia a felicidade. Quando o doutor Grene desvenda por fim as circunstâncias da sua chegada ao hospital, é conduzido até um segredo chocante. 

Um livro primorosamente escrito, que narra uma história trágica, fruto da ignorância e mesquinhez, mas ainda assim fortemente marcada pelo amor, pela paixão e pela esperança.

Entrevista da revista Estante a Ken Follet

25.01.15, Daniela S.
Vi este link no facebook e decidi ver o que era; e ainda bem que o abri! Gostei muito da entrevista: curta, simples, mas penso que é de muito boa qualidade! Vale a pena!

http://www.revistaestante.fnac.pt/ken-follet/


P.S- Ainda não li nenhuma obra do autor, apesar de ter a primeira parte de Os Pilares da Terra. Contudo, espero ler o livro muito em breve! Além disso, através desta entrevista, apercebi-me de que irei gostar muito do livro, pois identifico-me com os ideais do autor em relação à literatura!


ken-follet-entrevista-na-revista-estante-em-berlim-2



Recebi...

25.01.15, Daniela S.
... uma prenda de anos "atrasada"! Ahahah :p


Sinopse retirada do site da Bertrand: Uma paleógrafa é brutalmente assassinada na Biblioteca Vaticana quando consultava um dos mais antigos manuscritos da Bíblia, o Codex Vaticanus. A polícia italiana convoca o célebre historiador e criptanalista português, Tomás Noronha, e mostra-lhe uma estranha mensagem deixada pelo assassino ao lado do cadáver. 

A inspectora encarregada do caso é Valentina Ferro, uma beldade italiana que convence Tomás a ajuda-la no inquérito. Mas a sucessão de homicídios semelhantes noutros pontos do globo leva os dois investigadores a suspeitarem de que as vítimas estariam envolvidas em algo que as transcendia. 

Na busca da solução para os crimes, Tomás e Valentina põem-se no trilho dos enigmas da Bíblia, uma demanda que os conduzirá à Terra Santa e os colocará diante do último segredo do Novo Testamento. A verdadeira identidade de Cristo. 

Baseando-se em informações históricas genuínas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra excepcional como o grande mestre do mistério. Mais do que um notável romance, O Último Segredodesvenda-nos a chave do mais desconcertante enigma das Escrituras.

Divulgação: O Meu Nome é Alice, de Lisa Genova

24.01.15, Daniela S.

Sinopse retirada do site da Bertrand: O mundo de Alice é quase perfeito. É professora em Harvard, vive com o marido uma relação que resiste à passagem dos anos, às exigências da carreira, à partida dos filhos. E tem também uma mente brilhante, admirada por todos, uma mente que não falha… Um dia porém, a meio de uma conferência, há uma palavra que lhe escapa. É só uma palavra, um brevíssimo lapso. Mas é também um sinal, o primeiro, de que o mundo de Alice começa a ruir.
Seguem-se as idas ao médico, as perguntas, os exames e, por fim, a certeza de um diagnóstico terrível. Aos poucos, quase sem dar por isso, Alice vê a vida a fugir-lhe das mãos. Ama o marido intensamente, ama os filhos, e todos eles estão ali, à sua volta. Ela é que já não está, é ela que se afasta, suavemente embalada pelo esquecimento, levada pela doença de Alzheimer.
O Meu Nome É Alice é a narrativa trágica, dolorosa, de uma descida ao abismo. É o retrato de uma mulher indomável, em luta contra as traições da mente, tenazmente agarrada à ideia de si mesma, à memória da sua vida, à memória de um amor imenso.

Divulgação: Já Devias Saber… Agora é Tarde Demais, de Jean Hanff Korelitz

22.01.15, Daniela S.

Sinopse retirada do site da Bertrand: Grace Reinhart Sachs é terapeuta conjugal e, por comparação com a sua experiência clínica, considera a sua vida perfeita. Tem um casamento sólido, o marido é um oncologista pediátrico prestigiado, o filho de ambos, Henry, promete vir a ser um músico talentoso e fazem parte da elite de Manhattan. Mas quando Grace decide escrever um livro dissecando os mecanismos afetivos que fazem que muitas mulheres se tornem vítimas de relações infelizes, e está a poucas semanas do lançamento desse livro, toda a sua existência é abalada por um acontecimento inesperado, que vem pôr em causa tudo aquilo em que acredita. Jean Hanff Korelitz constrói este romance com extraordinária subtileza e inteligência, fazendo dele um thriller psicológico de nível excecional que não dá tréguas aos leitores.

Trocas :D

20.01.15, Daniela S.
Como já tinha dito ontem, ontem, no meu aniversário, ofereceram-me um livro que já tinha; por isso, decidi trocá-lo por este:


Sinpse retirada do site da Bertrand: Varsóvia, 1943. Mira, uma jovem de 16 anos, sobrevive graças ao contrabando de alimentos no gueto onde os nazis aprisionaram os judeus. O seu único objectivo é o de proteger a mãe e a irmã mais nova. Quando os habitantes do gueto começam a ser deportados para os campos de concentração, Mira junta-se à Resistência. Na maior aventura das suas vidas conseguem fazer frente às SS muito mais tempo do que haviam imaginado. 28 dias. 28 dias nos quais Mira terá de decidir a quem pertence o seu coração. A Daniel, um rapaz que toma conta das crianças órfãs, ou a Amos, um membro da Resistência, cujo objectivo é matar tantos nazis quanto possa.

David Safier arrancou sorrisos de milhões de leitores em todo o mundo com Maldito Karma. Agora leva-o ao limite da emoção com um grande romance, sobre o amor e a coragem, passada num dos episódios humanos mais esmagadores da História.

Hoje é o meu aniversário e ofereceram-me....

19.01.15, Daniela S.
... TRÊS LIVROS! É pena que eu já tenha um dos livros e terei que escolher outro, mas adorei as escolhas! :D
O livro repetido é Agora Fico Bem, de Jenny Downham, e até tenho uma opinião do livro aqui no blog :)


Sinopse retirada do site da Bertrand: A realidade é muito mais inverosímil do que a ficção, diz, a certa altura, uma das personagens deste romance. O aqui narrado parte da concepção fantasmática de um génio, uma espécie de mundo de ficção científica, com dois universos paralelos habitados por mónadas, essas substâncias simples, esses pontos metafísicos, essas individualizações infinitamente pequenas, como quartos sem portas nem janelas dentro de uma pirâmide cuja base tenderia ao infinito, onde bastaria uma ínfima coisa para passar de uma realidade para outra, e onde cada um de nós vê o seu duplo e pode escolher entre ser herói ou banal, amar ou resignar-se, sentir prazer ou raiva com a felicidade alheia, lutar pela liberdade ou jogar as regras do jogo, viver com dignidade ou ser passivo, aceitar a ignomínia ou revoltar-se, julgar o outro pondo-se no lugar dele, adoptar muitas perspectivas para perceber o todo, perguntar-se em que é que a ficção supera a realidade, se na beleza ou na construção não tão utópica quanto poderia parecer do melhor dos mundos possíveis.




Sinopse retirada do site da Bertrand: Eles chegaram à Terra há 12 mil anos. Vieram dos céus e criaram a humanidade. Quando se foram embora deixaram um aviso: um dia iriam voltar... E quando voltassem, teria início o grande jogo, o Endgame. Ao longo de dez mil anos, as doze linhagens originais existiram em segredo, mantendo sempre, cada uma delas, um jogador preparado para entrar em ação a qualquer momento. O Endgame era sempre uma possibilidade, mas agora que eles voltaram, tornou-se uma realidade, e os doze jovens jogadores estão a postos para entrarem no grande jogo que decidirá o futuro do planeta e da humanidade. Só um pode vencer. Só a linhagem do vencedor será salva. Vence quem encontrar primeiro as três chaves escondidas algures na Terra. E é sobre a busca da primeira chave que se centra este primeiro livro da série. 

Endgame não é apenas um livro. Endgame é uma experiência multimédia a nível mundial inovadora, que inclui um jogo revolucionário construído pela Niantic Labs (Google) através da qual é possível jogar uma versão do Endgame no mundo real. No fim, há um prémio para o primeiro a conseguir resolver o puzzle oculto no livro: meio milhão de dólares em ouro.

Divulgação: A Epopeia do Eterno Navegador- A vida errante e apaixonada de Luís de Camões, de Maria Antonieta Costa

18.01.15, Daniela S.

Sinopse retirada do site da Bertrand: Em Lisboa, na época das descobertas, pululam escravos e vive-se uma atmosfera efervescente. Cristãos, judeus e mouros coabitam numa harmonia aparente, marcada pela ação repressiva da Inquisição. É neste tempo de mudança que Luís Vaz de Camões encontrará o seu primeiro amor proibido, fará grandes amigos e privará com o profeta Bandarra.
Entre as intrigas palacianas e a aventura épica por terras de Magrebe e nos mares do Oriente, o poeta encontrará o seu destino. Um romance que nos levará a uma viagem ao centro do mundo e a conhecer uma vida de amores e infortúnios, um fado cruel e duro, mas que Camões cumprirá intrépido, legando-nos uma obra genial.

Pág. 1/3