Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Parabéns, Cassandra Clare!


Cassandra Clare nasceu a 27 de julho de 1973, em Teerão, no Irão. É filha de pais norte-americanos e passou a maior parte da sua infância a viajar pelo mundo com a família. Já viveu em França, Inglaterra e Suíça, sem ter completado os seus dez anos! Devido às constantes mudanças, Cassandra Clare encontrou refúgio nos livros, tais como As Crónicas de Nárnia, de C.S. Lewis.

Cassandra Clare quando fez uma pequena participação na adaptação cinematográfica de A Cidade dos Ossos.

Na altura em que estudou num colégio em Los Angeles, Clare escreveu várias histórias para os seus colegas, tendo excrito um romance épico baseado na históriia homónima de Jane Austen, The Beautiful Cassandra.
Já depois da faculdade, a autora trabalhou em várias revistas de entretenimento e no The Hollywood Reporter.


Cassandra Clare a autografas livros dos fãs numa das estreias do filme A Cidade dos Ossos.

Clare viu o seu trabalho reconhecido ao escrever fanfics (histórias escritas pelos fãs baseadas nos seus gostos em livros, séries televisivas, filmes, etc) de Harry Potter. Foi nessa altura que conheceu uma escritora, Holly Black, que, atualmente, é uma grande amiga sua e com quem escreve a coleção Magisterium, que conta com um livro, sendo que o segundo será publicado este ano, em setembro. O primeiro livro já foi publicado em Portugal, mas não se sabe se irão traduzir o segundo.
Cassandra Clare e Holly Black quando visitaram uma escola britânica para falarem dos seus livros.

Cassandra Clare, aos 41 anos (feitos hoje!), já conta com várias obras, como a série Caçadores de Sombras (que conta com 6 livros) e a trilogia Caçadores de Sombras- As Origens (uma prequela de Caçadores de Sombras), ambas publicadas em Portugal pela editora Planeta. 

coversforwebsite
As novas capas da série e da trilogia.

Cá, pela mesma editora, foi traduzido o primeiro livro de Magisterium, escrito por Cassandra Clare e por Holly Black, A Prova do Ferro

A editora Planeta manteve a capa original do primeiro livro da série de 5 volumes Magisterium.


Em relação a outras obras que não foram traduzidas cá, a autora tem vários contos relacionados com a série Caçadores de Sombras. Tem, ainda, um livro de 11 contos sobre Magnus Bane, o Feiticeiro Supremo de Brooklyn, The Bane Chronicles (As Crónicas de Bane). Os contos não só foram escritos por Cassandra Clare, mas também por Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson.

Bane Chronicles Book Cover 2.jpg
Capa do livro de contos sobre Magnus Bane.

Nos próximos anos, publicará duas trilogias sobre outras personagens, que também fazem parte do mundo dos Caçadores de Sombras:  The Dark Artifices (Os Artifícios das Trevas), sendo que o primeiro livro, Lady Midnight ( algo como Senhora da Meia-Noite) será publicado no fim de 2015 ou no início de 2016, e The Last Hours (As Últimas Horas), sendo que o primeiro volume, Chain of Thorns, (algo como Corrente de Espinhos) será publicado em 2017.


Lady Midnight
Capa (não oficial) do primeiro volume da trilogia The Dark Artifices.
Como podem ver, Cassandra Clare é uma autora extremamente dedicada ao seu mundo de Caçadores de Sombras e aos seus fãs. Hoje, ela faz 41 anos e está de parabéns, claro! Desejo-lhe felicidades, (ainda mais) sucesso e tudo o que seja bom! :D



DNF: Gente Feliz com Lágrimas, de João de Melo


DNF: Significa Did Not Finish (Não acabado/ não terminado).



Sinopse retirada do site da Bertrand:
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Uma saga que irresistivelmente arrasta o leitor ao longo de cinco mundos, vividos e pensados através da obsessiva busca da felicidade que move os seus protagonistas. Concebida polifonicamente como a descrição dos vários modos de viver a amargura que medeia entre o abandono da terra e o retorno ao domínio do que é familiar, esta peregrinação possível em tempos de escassez de aventura é a definitiva lição de que o regresso se não limita a perfazer o círculo e constitui uma visão fascinante do Portugal que todos, de uma maneira ou de outra, conhecemos.



Opinião: Esta é a quarta vez que desisto de uma leitura este ano.... Não, não deu para terminar este livro... Eu bem que queria, pois é um autor açoriano (também sou açoriana) e, até hoje, só tinha lido um livro da literatura açoriana. Por isso é que escolhi ler este romance, que é um dos mais conhecidos da literatura dos Açores.

Como tenho feito nas opiniões acercas das leituras que eu desisti de continuar, irei apresentar duas listas- uma positiva, outra negativa.

Aspetos positivos:
  1. Escrita poética, com toques da oralidade rural: Apesar de ser complexa e, muitas vezes, uma pura seca, gostei do vocabulário usado, rico e variado. Além disso, como a ação ocorre em S.Miguel, o autor, também como micaelense, usou várias palavras do nosso excelente vocabulário rural. Adorei isso nesta obra.

  2. Vários pontos de vista: Os narradores vão mudando de acordo com os capítulos ou mini-capítulos. A obra está dividida em partes e foi apenas a primeira parte que eu li, mas nem conclui. Ainda assim, nesta primeira parte, temos três narradores, que são três personagens: Maria Amélia, Nuno Miguel e e Luís Miguel, todos irmãos. Ao termos diversos pontos de vista, a história acaba por ser mais diversificada e interessante, apesar de não ter sido capaz de concluir a sua leitura. Cada personagem relata sobre as suas dificuldades, os seus desejos e as suas vivências. Só gostei de Maria Amélia. Embora tenha sentido compaixão pelas outras personagens, elas não me cativaram tanto como Maria Amélia. Deste modo, só "criei" uma ligação com Maria Amélia.

  3. Bom para os continentes, se quiserem saber mais sobre os açorianos, principalmente dos micaelenses: Talvez acabe por ser uma leitura chata para os continentais (bem, quanto a mim, foi uma seca), mas é um bom romance para quem queira saber mais vocabulário dos micaelenses e, claro, os seus costumes e modos de vida.



Aspetos negativos:
  1. Pura seca: Como referi acima, a escrita teve os seus momentos poéticos, mas também teve os seus momentos negativos. Houve momentos de confusão, em que eu facilmente me perdia no enredo. Ou era porque o narrador enrolava muito a "conversa", ou então, simplesmente, esta não foi a altura ideal para eu ler este romance. De facto, se querem que eu vos diga, isto não é ideal para ser uma leitura de verão. A escrita é complexa, o leitor tem que estar MUITO atento e, não façam como eu: não leiam esta obra depois da meia-noite, pois terão tendências para adormecer!

  2. Enredo confuso: Eu pensava que os narradores eram crianças. Aliás, a maior parte do que é narrado é sobre a infância das personagens. Porém, devido à escrita, acabamos por perceber que não são crianças. Claro que isso não seria um problema... se não fossem as constantes prolepses (prolepse- antecipação, no discurso narrativo, de um evento acontecido mais tarde no plano da história (opõe-se à analepse)!!! Porque é que a história não é narrada de forma linear? Assim, o leitor não se sentiria tão perdido!

  3. Volto a repetir: não me parece que seja uma leitura ideal para o verão!


Concluindo, devido à sua escrita complexa, que exige um pouco de concentração, e aos momentos confusos pela narração que não segue uma ordem cronológica linear, decidi desistir desta leitura. Estava a custar-me muito e não estava a ficar satisfeita. É verdade que é a quarta vez, este ano, que desisto de uma leitura. No entanto, penso que não vale a pena um leitor sentir-se forçado a ler algo que não está a gostar só porque não fica bem! Ainda assim, hei de ler este livro no futuro. Aliás, acho que vou falar nele na universidade, por isso... Até logo, Gente Feliz com Lágrimas!

The Coffee Book Tag: Café preto



1. Café preto: Nomeia uma coleção que é difícil de "entrar" nela, mas tem muitos fãs dedicados.







Eu adoro As Crónicas de Gelo e Fogo! Mas, sejamos sinceros, um leitor pode achar complicado entrar na história, e com razão. A escrita é fantástica, bem como o enredo e as personagens. No entanto, para um leitor que seja um pouco distraído ou que não goste de muitos detalhes, esta coleção pode ser uma leitura difícil. No meu caso, não foi, talvez porque comecei a ver a série televisiva antes de ler estes dois livros e, assim, foi mais fácil visualizar os cenários e as personagens ao longo da leitura. Deste modo, não me foi difícil "entrar" na história. Mas, como já referi, para quem não gosta de livros repletos de detalhes ou que têm um grande foco na descrição, esta leitura pode ser um pouco difícil. Contudo, não me parece que seja impossível :p. Apesar de só ter lido estes dois livros até agora, espero ter todos os livros (existentes atualmente) desta coleção magnífica que é As Crónicas de Gelo e Fogo.

Divulgação: Eu Dou-te o Sol, de Jandy Nelson


Já li opiniões muito positivas em relação a este livro. Além disso, a capa portuguesa está muito bonita! Os meus parabéns ao excelente trabalho da Editorial Presença!


Sinopse retirada do site da Editorial Presença:

Este livro fulgurante da aclamada e premiada autora, Jandy Nelson, deixará o leitor sem fôlego, com lágrimas nos olhos e um sorriso nos lábios… tudo ao mesmo tempo.

Jude e o seu irmão gémeo Noah são inseparáveis. Aos 13 anos, Noah é um jovem tímido e solitário que adora desenhar. Jude, pelo contrário, é extrovertida, tagarela e sociável. Três anos mais tarde, tudo se altera. Jude e Noah mal falam um com o outro. Um trágico acontecimento afetou os gémeos de forma dramática… 

Até que Jude conhece Guillermo Garcia na Escola das Artes, um escultor ousado e bem-parecido que vai ter um papel determinante na vida dos irmãos. O que os gémeos não sabem é que cada um deles conhece somente metade da história das suas vidas e, se conseguirem reaproximar-se, terão a oportunidade de reconstruir o seu mundo. 

Eu Dou-te o Sol foi considerado um dos Dez Melhores Livros para Jovens Adultos de 2014 segundo a revista Time.

TAG: The Coffee Book Tag



Eu agora adoro ver vídeos de booktubers (pessoas que fazem opiniões, TAGS, entre outras coisas, sobre livros no Youtube)! Todos eles são muito animados e é perceptível a paixão que eles têm pelos livros, tal como eu. Assim, sigo muitos canais de booktubers e vejo, quase todos os dias, vídeos muito interessantes e fascinantes. Recentemente, vi um vídeo de duas melhores amigas (link) que fizeram uma TAG com categorias dispostas de acordo com os vários tipos de cafés.

Esta TAG, que se intitula de The Coffee Book Tag, foi criada por um outro booktuber, que tem como nome, no canal de Youtube, Bangady Bangz (link). Ao ver ambos os vídeos, achei esta TAG muito engraçada e decidi realizá-la aqui no blog.

As categorias serão respondidas diariamente, tal como eu tenho feito com as outras TAGS. Aqui está a lista:

1. Black: Name a series that's tough to get into but has hardcore fans.

2. Peppermint mocha: Name a book that gets more popular during the winter or a festive time of year.
3. Hot chocolate: What is your favorite children's book?
4. Double shot of espresso: Name a book that kept you on the edge of your seat from start to finish.
5. Starbucks: Name a book you see everywhere.
6. That hipster coffee shop: Give a book by an indie author a shoutout
7. Oops! I accidentally got decaf: Name a book you were expecting more from.
8. The perfect blend: Name a book or series that was both bitter and sweet but ultimately satisfying.



E aqui está a lista, traduzida por mim (decidi não traduzir alguns tipos de café, pois perderia o seu significado na tradução):

1. Café preto: Nomeia uma coleção que é difícil de "entrar" nela, mas tem muitos fãs dedicados.
2. Peppermint mocha: Nomeia um livro que fica mais popular durante o inverno ou uma época festiva do ano.
3. Chocolate quente: Qual é o teu livro infantil favorito?
4. Dose dupla de espresso: Nomeia um livro que te deixou na cadeira do início ao fim.
5. Starbucks: Nomeia um livro que vês em todo o lado.
6. That hipster coffee shop: Divulga um livro de um autor "indie" (ou seja, um autor não muito conhecido, neste caso).
7. Oops! Acidentalmente tive um descafeinado!: Nomeia um livro do qual esperavas mais.
8. A perfeita mistura: Nomeia um livro ou uma coleção que foi agridoce, mas satisfatório.


Começarei a TAG amanhã! :D



Divulgação: Longe da Multidão, de Thomas Hardy


Sinopse retirada do site da Editorial Presença:

Longe da Multidão narra a história de Gabriel Oak e da sua grande paixão pela bela, independente e enigmática Bathsheba Everdene.

Chegada a Weatherbury como herdeira de uma vasta propriedade rural, a jovem é também pretendida pelo sedutor sargento Troy e pelo respeitável agricultor de meia-idade Boldwood. Ao mesmo tempo que os destinos destes três homens dependem da escolha de Bathsheba, ela descobre as terríveis consequências do seu coração inconstante. 

O jogo das personagens, com as sumptuosas paisagens rurais como pano de fundo, contribuiu para fazer deste romance notável um dos grandes clássicos da literatura inglesaLonge da Multidão é uma das obras mais conhecidas de Thomas Hardy.

Na quarta-feira passada, comprei...


O ÚLTIMO LIVRO DE HARRY POTTER! AGORA TENHO OS LIVROS TODOS! FINALMENTE! *o*




Sinopse retirada do site da Bertrand:
É neste sétimo volume que Harry Potter irá travar a mais negra e perigosa batalha da sua vida. Dumbledore reservou-lhe uma missão quase impossível - encontrar e destruir os Horcruxes de Voldemort... Nunca, em toda a sua longa série de aventuras, o jovem feiticeiro mais famoso do mundo se sentiu tão só e perante um futuro tão sombrio. Chegou o momento do confronto final - Harry Potter e Lord Voldemort... nenhum pode viver enquanto o outro sobreviver... um dos dois está prestes a acabar para sempre... Os seus destinos estão misteriosamente entrelaçados, mas apenas um sobreviverá... 

Numa atmosfera apoteótica e vibrante, Rowling desvenda-nos, por fim, os segredos mais bem guardados do universo fantástico de Harry Potter e deixa-nos envoltos, talvez para sempre, na sua poderosa magia. Este sétimo volume tem sido considerado pelo público e pela crítica como o melhor de toda a série de Harry Potter.


Novidades sobre a série Shadowhunters!


O elenco tem publicado muitas fotografias nas redes sociais. Também têm respondido a perguntas dos fãs. Contudo, só publicarei algumas fotografias e, ainda, uma nova adição ao elenco! :D

Aproveito para, mais uma vez, indicar que as fotografias não são minhas, pois encontrei-as no twitter.


Comecemos pela nova adição: Maryse Lightwood (mãe de Isabelle e Alec Lightwood) será interpretada por Nicola Correia Damude. A atriz participou em projetos como The Strain e Degrassi.

Nicola CorreiaDamude
Nicola CorreiaDamude será a mãe de Alec e Isabelle Lightwood, Maryse Lightwood.

A atriz já tirou uma fotografia com Emeraude Toubia, que será Isabelle Lightwood. Elas até são parecidas, não acham?

Embedded image permalink

Agora, passemos para mais fotografias do elenco!

Embedded image permalink
Dominic Sherwood (Jace Wayland) e Katherine McNamara (Clary Fray). Ai, tão fofos!

Embedded image permalink
Uma selfie de alguns constituintes do elenco!
Embedded image permalink
Alan Van Sprang (Valentine Morgenstern) com o seu filho.
Embedded image permalink
Emeraude Toubia (Isabelle Lightwood) com o seu chicote! Oh, meu Deus!
Embedded image permalink
Aqui podemos ver uma parte da casa da família Fray! Katherine McNamara (Clary Fray) e Maxim Roy (Jocelyn Fray).
Até terão retratos de família e de amigos! :D
Embedded image permalink
Katherine McNamara (Clary Fray) e Alberto Rosende (Simon Lewis). Hmmm, eles estão em sarilhos! :p
Embedded image permalink
O elenco principal (falta Alberto Rosende, que interpreta Simon Lewis). Isto deve ser a cena da festa de Magnus!

Divulgação: Trilogia de Todas as Almas, de Deborah Harkness


1º livro (sinopse retirada do site da Bertrand):

 
Num final de tarde de Setembro, quando a famosa historiadora de Yale, Diana Bishop, abre casualmente um misterioso manuscrito medieval alquímico há muito desaparecido, o submundo mágico de Oxford desperta. Vampiros, bruxas e demónios farão tudo para possuir o manuscrito que se crê conter poderes desconhecidos e pistas misteriosas sobre o passado e o futuro dos humanos e do mundo fantástico. Diana vê a sua pacata vida de investigadora invadida por um passado que sempre tentou esquecer: ela é a última descendente da família Bishop, uma longa e distinta linhagem de bruxas de Salem, marcada pela morte misteriosa dos pais quando era criança. E do meio do turbilhão de criaturas mágicas despertadas pela redescoberta do manuscrito surge Matthew Clairmont, um vampiro geneticista de 1500 anos de idade, apaixonado por Darwin. Juntos vão tentar desvendar os segredos do manuscrito e impedir que caia em mãos erradas. Mas a paixão que cresce entre ambos ameaça o frágil pacto de paz que existe há séculos entre humanos e criaturas fantásticas... e o mundo de Diana nunca mais voltará a ser o mesmo... Uma história arrebatadora que mistura História, magia, aventura e romance. Para os leitores de Dan Brown, J.K. Rowling, Stephenie Meyer e Elizabeth Kostova.



2º livro (sinopse retirada do site da Bertrand):


No primeiro volume desta trilogia Diana Bishop, uma historiadora de Oxford e última descente de uma linhagem de bruxas e Matthew Clairmont, um vampiro geneticista de 1500 anos de idade vão juntos desvendar os segredos de Ashmole 782 e impedir que esse poderoso manuscrito caia nas mãos erradas. 

Agora, neste segundo tomo, Diana e Matthew viajam no tempo para a Londres de 1590, mas rapidamente se apercebem de que o passado pode não ser um lugar seguro. Matthew alia-se ao Escolha da Noite, um grupo radical de amigos e desregrados demónios, onde se encontram o dramaturgo Christopher Marlowe e o matemático Thomas Harriot e ao assumir as suas anteriores funções como espião de Isabel I, fica em contato com o submundo de uma Londres em ebulição e sedenta da caça às bruxas. 

Juntos, Matthew e Diana procuram nas velhas livrarias e nos laboratórios de alquimia o célebre Ashmole 782, sem o qual não poderão regressar ao tempo presente. Diana descobre que os seus poderes são muito maiores do que imaginava mas precisa de uma bruxa que lhe ensine a acordar, desenvolver e controlar as suas forças de tecedeira, o que não é fácil para a fêmea de um vampiro!


3º livro (sinopse retirada do site da Bertrand)- já está em pré-lançamento. O envio procederá a partir do dia 1 de setembro:


Ansiosamente aguardado por leitores de todo o mundo, Em Busca do Livro da Vida conclui, com magia e suspense inebriantes, a Trilogia de Todas as Almas. O que descobriram em tempos as bruxas? Porque foi esse segredo guardado num livro misterioso chamado Ashmole 782, procurado durante séculos por demónios, vampiros e até pelas bruxas? Como é que a bruxa Diana Bishop e o cientista vampiro Matthew Clairmont poderão viver o seu amor quando o peso das suas histórias os tenta separar?
Na história de Em Busca do Livro da Vida, Diana e Matthew regressam dramaticamente da Londres isabelina ao presente, onde enfrentam novas crises e velhos inimigos. Em Sept-Tours, o lar ancestral de Matthew, reencontram os adorados personagens de A Noite de Todas as Almas - com uma importante exceção. Mas a verdadeira ameaça ao seu futuro ainda está por revelar. Quando tal acontece, a busca pelo Ashmole 782 e as suas páginas perdidas assume um caráter ainda mais urgente.

Divulgado novo trailer de The Scorch Trials (continuação de The Maze Runner)


Ontem foi também um dia espetacular para os fãs dos livros de James Dashner. Após o entusiasmo dos fãs perante a adaptação cinematográfica do primeiro livro da trilogia, The Maze Runner (em Portugal, Maze Runner: Correr ou Morrer), é a vez de divulgar imagens e vídeos do filme The Scorch Trials (Provas de Fogo), a continuação do primeiro livro. Mais abaixo, deixo o segundo trailer oficial do filme:





Antes da divulgação do vídeo, também publicaram imagens de algumas personagens importantes da história. Eu já tinha postado as de Thomas e de Brenda. Desta vez, publico as restantes:

O ator Ki Hong Lee interpreta Minho.
Newt é interpretado por Thomas Brodie-Sangster.
Nathalie Emmanuel dá vida a Harriet.
Theresa é interpretada por Kaya Scodelario.