Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livro de Sabaa Tahir chegará a Portugal em 2016!!!

Uma cliente da Editorial Presença, pelo Twitter, perguntou à Editora se iria publicar An Ember in The Ashes, de Sabaa Tahir. É um livro que tem feito muito furor a nível internacional e, por isso, atraiu a atenção de muitos leitores portugueses que adoram navegar pelas redes sociais. De facto, a editora chegou a responder, dizendo que a edição portuguesa chegará às livrarias em março de 2016.



An Ember in the Ashes (An Ember in the Ashes, #1)
No Goodreads, a sua classificação é 4.29/5 estrelas. Assim, pode-se dizer que há muitos leitores que ficaram rendidos ao livro de Sabaa Tahir. O seu título, em português, poderia ser algo como Uma Brasa nas Cinzas.




Para quem não conhece o livro, deixo a sua sinopse (retirada do Goodreads; traduzida por mim):


Laia é uma escrava.
Elias é um soldado.
Nenhum deles é livre.



Sob o Império Martial, o desafio encontra-se com a morte. Aqueles que não juram o seu sangue e corpo pelo o Império corre o risco de verem executados os seus ente queridos e de ver destruído tudo o que lhes é querido.
É neste mundo brutal, inspirado na Roma Antiga, que Laia vive com os seus avós e o seu irmão mais velho. A sua família vive nas ruas empobrecidas do Império e eles não se atrevem a desafiá-lo, pois eles já viram o que acontece a quem o faz.
Mas quando o irmão de Laia é detido por traição, Laia vê-se forçada a tomar uma decisão. Os rebeldes irão salvar o seu irmão se ela arriscar a sua vida para espiar no interior da melhor academia militar do Império.
Aí, Laia conhece Elias, o melhor soldado da escola (e, secretamente, o mais relutante). Elias apenas quer ser livre da tirania em que se vê forçado a treinar. Ele e Laia irão em breve entender que os seus destinos estão ligados- e que as suas escolhas irão mudar o destino do próprio Império.



Quanto a mim, irei recebê-lo em breve!!

Novas imagens da adaptação cinematográfica de A Quinta Vaga!

Também os responsáveis pela adaptação cinematográfica de A Quinta Vaga, de Rick Yancey, andam a publicar muitas fotografias, bem como cartazes, do filme que será lançado em janeiro de 2016. Nas seguintes imagens, podem ver, por exemplo, Cassie Sullivan (interpretada por Chloë Grace Moretz)e o seu irmão Sam (interpretado por Zackary Arthur), entre outras personagens. 



"Poderemos sobreviver a Quinta Vaga?"



Embedded image permalink
"Confia. Luta. Sobrevive."



Embedded image permalink



Embedded image permalink


Embedded image permalink


Embedded image permalink


Embedded image permalink


Embedded image permalink
Uma fotografia durante uma pausa nas gravações.


Embedded image permalink




Embedded image permalink



Embedded image permalink



Também já foram lançadas as capas para uma nova edição do primeiro livro da trilogia, inspirada no primeiro cartaz divulgado:



Embedded image permalink




Embedded image permalink


A estreia nos EUA será no dia 15 de janeiro de 2016.

Propaganda de A Revolta- Parte 2

Antes da grande estreia da última adaptação cinematográfica dos livros de Suzanne Collins, Lionsgate tem publicado nas redes sociais imagens retiradas do filme, deixando os fãs ainda mais ansioso pelo último capítulo desta grandiosa jornada.
Mais abaixo, encontrarão, por exemplo,  Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), Primrose Everdeeen (Willow Shields), Peeta Mellark (Josh Hutcherson), entre outras personagens.




Embedded image permalink



Embedded image permalink



Embedded image permalink



Embedded image permalink




Embedded image permalink




Embedded image permalink



Embedded image permalink



Também tem havido muitos vídeos (que não chegam a 1 minuto) com cenas importantes do filme, como é o caso destes, lançados hoje:













allowfullscreen>



A Revolta-Parte 2 a fazer furor por onde passa!!!

Com a estreia de A Revolta- Parte 2 a aproximar-se cada vez mais, o elenco, o realizador e a produtora têm viajado até grandes cidades para interagir com os fãs e fazer entrevistas sobre o último filme relacionado com a trilogia de Suzanne Collins.
Na red carpet, o elenco tem deixado os fãs eufóricos, dando autógrafos, tirando selfies e fazendo discursos emotivos sobre esta caminhada emocionante.



Embedded image permalink
A primeira paragem foi em Berlim.


Embedded image permalink
Na cidade alemã, encontraram muitos fãs dedicados.

Embedded image permalink
A seguir, viajaram até Londres!

Embedded image permalink
Elizabeth Banks, atriz que interpreta uma das personagens mais peculiares do filme, Effie Trinket, ficou encantada com o disfarce da fã!

Embedded image permalink
Jennifer Lawrence com um ar angelical em Paris!

Embedded image permalink
Os fãs franceses ansiosos antes da chegada do elenco.


Embedded image permalink
Também passaram por Madrid!

Embedded image permalink
E estiverem em Pequim!



O filme chega às salas de cinema portuguesas no dia 19 de novembro.

As primeiras imagens de Fantastic Beasts and Where to Find Them

Monstros Fantásticos & Onde Encontrá-los é um livro que faz parte do mundo mágico de Harry Potter. De facto, é um dos manuais escolares usados pelo Rapaz que Sobreviveu e foi escrito por Newt Scamander, um especialista em criaturas mágicas. Claro que o livro foi escrito pela incrível J.K. Rowling e foi publicado para que as suas receitas fossem atribuídas à Comic Relief, instituição que ajuda crianças pobres.


Embedded image permalink
O título oficial do filme.

Foi em setembro de 2013 que a Warner Bros. anunciou que iriam realizar, pelo menos, três filmes sobre Newt Scamander, baseados no livro acima referido. As filmagens começaram em agosto de 2015 e, no início do mês de novembro, foram publicadas, pela Entertainment Weekly, as primeiras imagens do primeiro filme.
Mais abaixo, encontrarão Newt Scamander (interpretado por Eddie Redmayne), a sua esposa, Porpentina "Tina" Goldstein(interpretada por Katherine Waterston), Queenie Goldstein (interpretada por Alison Sudol) e Jacob Kowalski (interpretado por Dan Fogler).
Não só poderão ver imagens do filme propriamente dito, como também terão a oportunidade de verem os behind the scenes.



Imagem utilizada para a capa da revista Entertainment Weekly.




























Quando estas imagens foram publicadas, J. K. Rowling decidiu informar aos seus fãs que os humanos que não são mágicos, conhecidos como "Muggles", terão um novo nome: "No-Maj". Pronunciado como "no-madge", o termo advém da expressão "no magic", ou seja, "não mágico". A autora explica que decidiu inventar este novo nome pelo facto de a história se passar em Nova Iorque, nos EUA, nos anos 20. Como sabem, apesar de o Reino Unido e os EUA falarem inglês, há termos distintos nos dois países e a escritora aproveitou para fazer esta alteração, que já causou uma grande confusão no interior da sua base de fãs. Ainda assim, os "Potterheads" estão ansiosos por voltarem novamente ao mundo mágico de J.K. Rowling.



O filme estreia, nos EUA, no dia 18 de novembro de 2016. 

Foi divulgada a capa do último livro da coleção A Seleção!

A Seleção, de Kiera Cass, é uma coleção distópica muito acarinhada pelo público de leitores jovens que se encontram espalhados pelo mundo. Em Portugal, também há muitos fãs que, por agora, aguardam com ansiedade pela edição portuguesa de The Heir, o quarto livro da coleção. Após o grande sucesso dos três livros anteriores, a Editorial Presença já confirmou que a Marcador Editora pretende editar os restantes livros de Kiera Cass.


Kiera Cass, autora da coleção A Seleção, tem uma grande base de fã graças aos seus livros distópicos.

A Seleção (aliás, os três primeiros livros da coleção) acompanha America Singer, uma jovem que teve que participar num concurso que conta com 34 raparigas, sendo que uma delas, a vencedora, irá casar o herdeiro de Illéa, o príncipe Maxon. Apesar de já ter um namorado, Aspen, America acaba por sentir algo por Maxon. No entanto, nem tudo é um conto de fadas e o seu país enfrenta grandes obstáculos.



The Selection (The Selection, #1)
Capa original do primeiro livro, A Seleção. A Marcador Editora tem mantido as capas originais.

Já nos últimos livros, The Heir e The Crown, temos uma personagem principal diferente, a filha do rei Maxon e a vencedora do concurso realizado quando era apenas um príncipe. Seguimos, no The Heir, a realização do concurso da princesa Eadlyn e a sua oposição em relação à Seleção. Quanto ao quinto, The Crown, saberemos quem será o futuro marido da princesa.


The Heir (The Selection, #4)
Capa do quarto livro, que ainda não foi editado em Portugal.

Como a coleção está prestes a chegar ao fim, os fãs andaram ansiosos por saberem como seria a capa do último livro, pois as capas têm sido fabulosas. Portanto, no passado dia 5 de novembro, foi finalmente divulgada a capa de The Crown:



The Crown (The Selection, #5)
Os fãs adoraram as cores da capa do último livro, mas alguns sentiram uma certa estranheza perante a expressão facial da modelo e outros não gostaram do vestido. Na minha opinião, a capa foi muito bem conseguida.



The Crown estará nas livrarias norte-americanas a partir do dia 3 de maio de 2016.

Simon vs. the Homo Sapiens Agenda nos cinemas em breve?

FOX 2000, um dos maiores estúdios dos EUA e o responsável pelo grande sucesso de bilheteira, A Culpa é das Estrelas, adquiriu os direitos cinematográficos do livro de Becky Albertalli, Simon vs. the Homo Sapiens Agenda


Becky Albertalli, autora de Simon vs. the Homo Sapiens Agenda, é muito adorada pelo seu público jovem, uma vez que entende a juventude e percebe os problemas que afetam os jovens da nossa atualidade.



Em princípio, os produtores do filme serão Wyck Godfrey, Marty Bowen e Isaac Klausner (da Temple Hill; também foram os produtores de A Culpa é das Estrelas), em parceria com Pouya Shahbazian (da New Leaf Literary & Media), produtor de Divergente, e Chris McEwen (da New Leaf). Já os responsáveis pelo guião serão Isaac Aptaker e Elizabeth Berger.




Producers Wyck Godfrey and Marty Bowen attends 'The Fault In Our Stars' premiere at Ziegfeld Theater on June 2, 2014 in New York City.
Os produtores Wyck Godfrey e Marty Bowen.


Para já, não há mais informações ligadas à futura adaptação cinematográfica do romance de Becky Albertalli. 

[E se...] Simon vs. the Homo Sapiens Agenda, de Becky Albertalli

Hoje trago-vos uma publicação sobre um livro contemporâneo direcionado para o público jovem-adulto: Simon vs. the Homo Sapiens Agenda, de Becky Albertalli.


Simon vs. the Homo Sapiens Agenda


Sinopse retirada do site da Goodreads (traduzida por mim):

Simon Spier, um rapaz gay de 16 anos (um segredo escondido por ele), prefere guardar o seu drama para o musical escolar. Mas quando um e-mail vai parar às mãos erradas, o seu segredo está em risco de ir parar aos holofotes. Agora, Simon anda a ser chantageado: se ele não for o braço direito do palhaço da turma, Martin, a sua identidade sexual será desvendada. Pior do que isso, a privacidade de Blue, o pseudónimo do rapaz a quem ele tem enviado e-mails, estará comprometido.
Com algumas confusões a emergirem no interior do grupo de amigos que antes era coeso, e com a correspondência por e-mail com Blue a ficar cada vez mais "ardente" a cada dia, o penúltimo ano de ensino secundário de Simon, de repente, começou a tornar-se complicado. Agora, Simon deve encontrar uma forma de sair da sua zona de conforto antes que ele seja empurrado de lá- sem se afastar dos seus amigos, comprometer a si próprio ou atrapalhar esta oportunidade para ser feliz com o rapaz mais confuso e adorável que ele jamais conheceu.


Uma citação do romance de Becky Albertalli.
Tradução: AS pessoas são como casa com quartos vastos e pequenas janelas. E talvez isso seja uma coisa boa, o facto de nunca pararmos de surpreender uns aos outros.




Os livros de Young-Adults têm visto a sua popularidade a aumentar todos os dias. Aliás, os adolescentes não são os únicos a lerem este tipo de livros, até porque há muitos adultos que adoram ler sobre jovens e as suas aventuras e desventuras. E Simon vs. the Homo Sapiens Agenda não é exceção. Escrito por Becky Albertalli, é um romance que fala sobre a homossexualidade a ser encarada durante uma das etapas mais complicadas da vida do ser humano: a adolescência. Para além de encarar o mundo que o rodeia, o jovem também tem que se enfrentar a si próprio e partir à descoberta da sua própria identidade, e é exatamente isso que acontece neste livro.



Fanart baseada no livro de Becky Albertalli.



De acordo com as opiniões que eu li sobre este livro, o que os leitores mais adoraram foi a realidade expressa de forma genuína e cativante. Muitos adoraram Simon e a sua caminhada pela descoberta de si próprio, bem como a sua personalidade distintiva. Além disso, descrevem o livro como sendo divertido e adorável.

Um outro ponto a acrescentar para o sucesso do livro é o facto de estarmos perante personagens jovens e, portanto, há muitas referências que são partilhadas entre a juventude. Por exemplo, Simon é um grande fã dos livros de Harry Potter (só por isso, quero muito ler este livro!), tem uma conta no Tumblr (uma rede social muito usada pelos mais jovens, na qual podem partilhar fotografias, textos, gifs, entre outras coisas) e adora as bolachas Oreo e aprecia textos bem escritos, sendo um grande defensor das regras gramaticais.

Estamos, também, perante um romance sobre o poder da amizade, a família e as aventuras do ensino secundário. É, ainda, um "abrir de olhos" para quem não compreende o que é ser-se homossexual numa sociedade intolerante, sendo esta uma das razões que levou a autora a criar esta história emotiva e autêntica.





Becky Albertalli
A autora Becky Albertalli



Becky Albertalli nasceu no estado de Atlanta, nos EUA. Apesar de ser licenciada em psicologia clínica e de ter trabalho com "crianças, adolescentes e adultos fantásticos", Albertalli, atualmente, não pratica a sua profissão, encontrando-se a escrever livros sobre adolescentes. A escritora sente-se orgulhosa por ter criado Simon que, desde o início do processo criativo, sempre foi destinado a ser gay. A autora sempre quis escrever algo sobre o mundo que a rodeia e defende que aprendeu muito ao longo do processo, encarando de uma forma diferente os problemas raciais e o privilégio da raça branca. Apoia, ainda, grupos como We Need Diverse Books (grupo que defende literatura que retrata temas como a raça, a sexualidade, diferentes etnias, deficiências, entre outros), pois ainda há muitas barreiras sociais que deveriam ser destruídas, a fim de vivermos num mundo mais tolerante.



Embedded image permalink
Becky Albertalli com as autoras Sarah Dessen e Nicola Yoon, que também são conhecidas por escreverem livros contemporâneos. Nicola Yoon também faz parte do grupo We Need Diverse Books.



Concluindo, Simon vs. the Homo Sapiens Agenda seria uma aposta interessante para qualquer editora portuguesa disposta a publicar livros indicados para os mais jovens. Recheado de lições importantes, momentos divertidos e de personagens engraçadas, carismáticas e genuínas, o romance de Becky Albertalli é ideal para qualquer leitor que queira um livro leve e que lhe proporcione bons momentos.


Para mais informações sobre o romance e a autora, basta clicar aqui.

Os 16 livros mais antecipados de novembro (segundo a EpicReads)

Tal como fiz para outubro, deixo-vos três dos 16 livros mais esperados nos EUA, de acordo com o EpicReads.

Neste frio mês de novembro, os leitores americanos estão ansiosos por terem nas suas prateleiras livros que se inserem, principalmente, na categoria de Jovens-Adultos, desde livros contemporâneos, a livros de Fantasia e Ficção Científica. Dos 16 livros, escolhi 3 que, pelo que eu vi nas redes sociais, são os mais desejados:







Winter (em português, Inverno), de Marissa Meyer, é o desfecho da coleção de quatro livros baseados nos contos de fadas. A edição americana do livro final conta com 800 páginas e estará nas livrarias dos EUA a partir do dia 10 de novembro. Como podem constatar pelo título, o conto retratado é o da "Branca de Neve e os Sete Anões".

Sinopse traduzida por mim (retirada do Goodreads): 

A princesa Winter é admirada pelo povo de Lunar pela sua graciosidade e amabilidade. Apesar de possuir cicatrizes na cara, a sua beleza é descrita como sendo mais deslumbrante do que a da sua madrasta, a rainha Levana.
Winter despreza a sua madrasta e ela sabe que Levana não irá aprovar os seus sentimentos pelo seu amigo de infância, o bonito guarda do palácio, Jacin. Mas Winter não é tão fraca como Levana acredita que ela seja e ela tem vindo a comprometer os desejos da sua madrasta ao longo dos anos. Com a mecânica cyborg, Cinder, e os seus aliados, Winter pode até ter o poder para iniciar uma revolução e ganhar uma guerra que tem vindo a arrastar-se por muito tempo.

Poderão Cinder, Scarlet, Cress e Winter derrotar Levana e encontrar os seus finais felizes?


P.S- Os três primeiros livros da coleção (Cinder, Scarlet e Cress) já têm edições portuguesas. Basta clicar nos títulos para terem acesso às sinopses e capas de cada um dos livros.









Richelle Mead ficou conhecida pela sua coleção Academia de Vampiros. Cá em Portugal, só os primeiros quatro livros é que foram publicados. A editora não quis continuar com a publicação da coleção.
Também tem uma outra coleção sobre vampiros, Bloodlines, mas os seus fãs estão interessados pelo novo livro, Soundless (em português, Silencioso). Apesar do sucesso das coleções anteriormente mencionadas, as pessoas que já tiveram acesso a Soundless não gostaram da história e, de certa forma, ficaram desapontados com a escritora. No entanto, há ainda leitores que desejam ler o novo livro de Richelle Mead. Chegará às estantes norte-americanas no dia 10 de novembro.


Sinopse traduzida por mim (retirada do site da autora): 

Fei, uma artista em treinamento, nunca deixou a sua vila. Nunca ninguém deixou. Isolados no topo de uma montanha inacessível, o povo dela usa uma zipline para a troca de metais preciosos das suas minas por comida da cidade abaixo deles. Mas essa não é a única dificuldade que a vila enfrenta: durante várias gerações, as pessoas nunca conseguiram ouvir, forçando-os a viver num mundo baseado na linguagem gestual e na comunicação escrita. Agora, uma misteriosa doença, aos poucos, está a torná-los cegos, deixando-nos a viver na escuridão e no silêncio- a irmã de Fei pode vir a ser a próxima vítima.
Quando, de repente, Fei acorda com a sua habilidade de ouvir restaurada, ela descobre que tem a capacidade de salvar a sua vila e de desvendar o segredo mais misteriosa da história deles. Mas, primeiro, Fei deve procurar uma maneira de descer a montanha traiçoeira, uma tarefa complicada pela sua nova capacidade de audição e pela companhia de um antigo interesse amoroso...








Becca Fitzpatrick talvez seja uma autora conhecida pelos jovens leitores portugueses. Foi ela que escreveu a coleção sobre anjos caídos, Hush, Hush, bem como o romance Perigo Irresistível. Tal como os livros apresentados acima, Dangerous Lies também será lançado no dia 10 de novembro e tem sido pacientemente aguardado pelos fãs da escritora.

Sinopse traduzida por mim (retirada do Goodreads): 

Stella Gordon não é o seu nome verdadeiro. Thunder Basin, Nebraska, não é a sua verdadeira casa. Esta não é a sua verdadeira vida.

Depois de ter sido testemunha de um crime letal, Stella Gordon foi enviada para o meio do nada pela sua própria segurança antes de participar no julgamento do homem que matou o traficante da sua mãe.
Mas Stella estava prestes a começar o seu último ano do ensino secundário com o namorado que ama. Como pode ela afastar-se da única vida que conhece para começar uma nova em Nebraska? Stella enerva-se e é rude com toda a gente que conhece. Ela não espera fica por muito tempo, por isso, para que serve ser amigável? Depois, ela conhece Chet Falconer e a sua proteção torna-se mais complicada quando a sua culpa por mentir a Chet cresce.
Mal Stella começa a sentir-se segura, a verdadeira ameaça da sua vida aumenta porque os seus inimigos estão mais próximos do que ela julga...






Para saberem os restantes livros aguardados ansiosamente pelos leitores norte-americanos, de acordo com a lista da Epic Reads, basta clicar neste link:

http://www.epicreads.com/blog/the-16-most-anticipated-ya-books-to-read-in-november/

Desculpa!!!

Peço desculpa pela minha ausência nesses dias, mas tenho que me focar na universidade e, como é o meu primeiro ano, ainda estou um pouco desorientada em relação aos trabalhos e às frequências. Portanto, o blogue teve que "criar teias". Contudo, agora terei algum tempo para publicar, pelo menos, uma vez por dia! :D

Pág. 2/2