Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Biblioteca da Daniela

A Biblioteca da Daniela

Feliz Ano Novo!!!

31.12.15, Daniela S.
"Que os fogos de Ano Novo
Explodam alegria e Paz
Trazendo muita felicidade, paz, respeito e realizações
Mas sobre tudo que tragam o Amor
E que seu estrondo
Ecoe pelo ano inteiro"




[Opinião] Uma Nova Esperança, de Colleen Hoover

20.12.15, Daniela S.
A ler...
Sinopse retirada do site da Bertrand:

Holder é um adolescente em busca da sua melhor amiga, Hope, a quem voltou costas um dia, há treze anos. O mesmo dia em que ela foi raptada e levada para sempre. Quando uma tragédia envolve a irmã gémea de Holder, Less, a necessidade de encontrar Hope torna-se mais forte do que nunca. Holder sente-se diariamente perseguido por fortes sentimentos de culpa, e os remorsos que sente por não ter conseguido ajudar nem a sua irmã, nem Hope, são devastadores.
Quando um dia, inesperadamente, se cruza com uma rapariga que se parece com Hope, Holder vai fazer tudo para se aproximar dela a fim de reencontrar a paz de que tanto necessita. Mas porque insiste Hope em dizer que se chama Sky e que não o conhece? E, por outro lado, porque sente Holder que esta rapariga, que o rejeita e se tenta afastar, precisa tanto dele quanto ele precisa dela?
Uma Nova Esperança (Hope) narra pela voz de Holder um reencontro que trará memórias há muito esquecidas e que revelará verdades que poderão doer demasiado. Para alcançarem a paz e a felicidade, Holder e Hope terão de encarar a mais dolorosa e íntima das memórias. Conseguirão ambos traçar um caminho juntos após desenterrarem um passado tão difícil? E será o amor de Hope a chave para uma nova esperança na vida de Holder?



Opinião: Colleen Hoover, odeio-te tanto porque o meu coração está partido em mil bocados. Mas também gosto muito de ti porque a tua escrita é sensacional, as tuas histórias são extraordinárias e as personagens que crias são incríveis!

Esta é a segunda vez que leio um livro da autora norte-americana e, mais uma vez, ela deixou-me em estado de choque. Estou cada vez mais encantada com a sua escrita arrebatadora e fascinante. Penso que este livro é tão bom como Um Caso Perdido, que é a mesma história, mas contada pela perspetiva de Sky, a outra personagem principal. Posso dizer que o primeiro livro é muito mais triste e trágico do que este, mas Uma Nova Esperança é igualmente intenso. Estes livros não são para serem lidos de ânimo leve. Ambos falam de infâncias duras e infelizes e estão recheados de emoções fortes e profundas. Há momentos tristes, há momentos felizes. Há momentos de dor, há momentos de alegria. Não vou falar na história em concreto porque, assim, quem quiser ler, não poderá saborear o livro como deve. Contudo, posso dizer que o enredo é uma autêntica montanha-russa, crua e intensa.


Em relação à escrita, já indiquei que é arrebatadora. É incrível como a autora facilmente nos choca, nos faz chorar, nos faz rir e, por vezes, tudo isto num só capítulo. É também magnífico como ela retrata assuntos tão fortes e complicados com uma linguagem simples e, de certa forma, pura. Vivemos momentos de perda e de tristeza de uma forma muito real, e o mesmo acontece com os momentos mais leves e amorosos.


Quanto às personagens, acho que passei a gostar ainda mais delas graças a este livro. A minha compaixão por Sky cresceu. Adorei vê-la e entendê-la através dos olhos de Holder. E também achei fascinante um lado diferente dele, até porque no primeiro livro vemos o seu lado mais romântico e rebelde, mas é com a sua perspetiva que percebemos que ele também é imperfeito. Por vezes, ele não controlava a sua raiva e a sua dor. Por vezes, ele não aceitava as decisões dos outros. No entanto, foi muito bom vê-lo a tornar-se numa pessoa melhor e ele é a prova de que o amor e a esperança podem fazer a diferença. Estas personagens são muito reais e foram muito bem construídas, o que, pelos vistos, ocorre nos outros livros da autora e, por isso, mal posso esperar por ler os seus restantes romances. As personagens secundárias, neste segundo livro, não foram tão bem desenvolvidas como no primeiro livro, mas Hoover soube encaixá-las na visão de Holder.


Para terminar, só tenho a dizer que, embora esta opinião esteja um pouco rebuscada e não tenha pormenores concretos quanto à história, eu adorei o livro e estou cada vez mais impressionada com Colleen Hoover. Há também um outro livro editado cá em Portugal, mais uma vez, pela Topseller, que é Amor Cruel, um livro de Novos-Adultos. Penso que seria uma excelente oferta de Natal para mim!

Enfim, aconselho a leitura de Uma Nova Esperança a quem adora Contemporâneos, mas anseia por algo mais forte, com emoções profundas e personagens cativantes, verdadeiras e cheias de imperfeições, cujas vivências devastadoras e intensas nos são narradas com uma destreza impecável.

Aviso, desde já, que talvez seja melhor ler primeiro Um Caso Perdido, igualmente avassalador e magnífico.





Classificação: 10/10 estrelas



Losing Hope (Hopeless, #2)
Capa da edição norte-americana.

A continuação de Rainha Vermelha já tem um booktrailer!

18.12.15, Daniela S.
Goodreads Awards é um concurso realizado pela plataforma digital Goodreads no qual os leitores é que escolhem os vencedores de acordo com as obras publicadas no presente ano. Na categoria Debut of the Year (Estreia do Ano), o livro vencedor foi Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard.


A autora Victoria Aveyard e o seu livro, Rainha Vermelha.

Rainha Vermelha, o primeiro livro de uma coleção de quatro, é descrito como uma combinação de X-Men com Fantasia e Distopia, tendo então os ingredientes necessários para conquistar imensos leitores pelo mundo fora. 

Neste livro, conhecemos Mare Barrow, uma jovem de 17 anos que vive num mundo dividido em duas categorias: os Prateados, a elite dotada de capacidades sobrenaturais, e os Vermelhos, os plebeus. Mare é uma das pessoas que tem sangue Vermelho, mas acaba por descobrir que, tal como os Prateados, possui poderes impensáveis. Por isso, é obrigada a fingir que é uma princesa Prateada que esteve perdida por muitos anos e tem que casar com um dos filhos do rei. No entanto, ela também torna-se numa rebelde da Guarda Escarlate e fica confusa, pois não sabe que rumo deve seguir.


A editora Saídas de Emergência, tal como muitas editoras de outros países, decidiu manter a capa original.


A meio deste ano, foi divulgada a capa de Glass Sword, o segundo livro da coleção. Entretanto, foi publicada a sinopse oficial (aconselho a não ler a sinopse se não quiserem saber pormenores importantes do primeiro livro):



O sangue de Mare Barrow é vermelho, a cor das pessoas comuns, mas a sua habilidade Prateada, o poder de controlar relâmpagos, tornou-a numa arma que a corte real tenta controlar.
A realeza descreve-a como algo impossível, falso, mas enquanto ela escapa de Maven, o príncipe que a traiu, Mare descobre algo surpreendente: ela não está só.
Perseguida por Maven, que agora é um rei vingativo, Mare sai para encontrar e recrutar outros Vermelhos-Prateados para lutarem contra os opressores.
Mas Mare encontra-se num caminho fatal, em risco de se tornar no tipo de monstro que ela está a tentar derrotar.
Será que ela vai quebrar sob o peso das vidas que são o custo de rebelião? Ou a traição mudou-a para sempre?



Glass Sword (Red Queen, #2)
Glass Sword (tradução livre: Espada de Vidro) é um livro muito esperado pelos fãs de Victoria Aveyard.




Após Goodreads Awards, foi lançado um vídeo promocional do segundo livro da coleção, Glass Sword.






Logo depois do sucesso de Rainha Vermelha, foi anunciado que o livro poderá vir a ser adaptado para o grande ecrã. Para mais informações, clique aqui.

Mal posso esperar pelas férias para finalmente poder ler Rainha Vermelha! Depois da leitura, irei publicar a minha opinião aqui.

Glass Sword sairá nos EUA no dia 9 de fevereiro de 2016.

[Uma Leitora Feliz!] Comprinhas na Feira do Livro!

18.12.15, Daniela S.
Em Ponta Delgada, já abriu a tradicional Feira do Livro, que reabre todos os anos na época natalícia.

Em ano anteriores, saía muitas vezes de mãos a abanar ou comprava apenas um livro. Contudo, nesta minha primeira ida (quero voltar lá durante as férias), comprei não um, não dois, mas três livros, todos eles em inglês!


A qualidade não está muito boa porque tirei a fotografia mal cheguei a casa, perto das 20 horas.

O primeiro livro que eu peguei foi o de Star Wars- Legacy of the Force: Exile, de Aaron Allston. Apaixonei-me pelos filmes da saga de ficção científica e fiquei contente por ter adquirido um livro escrito por um fã de Sci-Fi! Pelos vistos, Aaron Allston foi convidado para escrever alguns livros relacionados com o universo de Star Wars, sendo Exile um deles. No entanto, acabei por descobrir que este livro é o quarto da coleção Legacy of the Force, mas penso que dá para o ler sem os outros.


A seguir, fiquei entusiasmada quando vi The Lion, the Witch and the Wardrobe (O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, na edição portuguesa), de C.S. Lewis. Eu adorei os filmes (apesar de saber que há algumas diferenças quanto aos livros de Lewis) e sempre quis ler As Crónicas de Nárnia em inglês. Deste modo, fiquei muito contente quando vi este livrinho na Feira! É claro que o primeiro livro da coleção é The Magician's Nephew (na edição portuguesa, O Sobrinho do Mágico), que, por acaso, foi publicado depois do The Lion, the Witch and the Wardrobe! Contudo, o autor acabou por dizer que a ordem correta é The Magician's Nephew, seguido por The Lion, the Witch and the Wardrobe. Mas vou ler primeiro o que eu comprei e, depois, talvez encomende os restantes!


Por fim, também fiquei radiante por ver um livro da Agatha Christie, pois tenho muito interesse em ler os seus policiais! Por acaso, nunca ouvi falar neste livro, Towards Zero, que é, aliás, o quinto livro de uma coleção. Porém, continuo curiosa.



Ontem foi um dia muito bom para compras! Contudo, será que vou resistir à tentação de comprar mais algum livro antes do Natal?

Já viram a capa do primeiro livro da nova coleção de Rick Riordan

17.12.15, Daniela S.
Rick Riordan é um nome forte da literatura juvenil norte-americana. Depois de ter escrito sobre a mitologia grega, a romana, a egípcia e, recentemente, a nórdica, o autor irá lançar, no próximo ano, mais um livro relacionado com os deuses gregos.




O autor Rick Riordan lançou em outubro deste ano o primeiro livro de uma nova coleção sobre mitologia nórdica: The Sword of Summer (tradução livre: A Espada de Verão).




A capa do novo livro já foi muito bem recebida pelos fãs de Riordan. Também já se encontra disponível uma breve sinopse sobre The Hidden Oracle (tradução livre: O Óraculo Escondido), da nova coleção The Trials of Apollo (tradução livre: As Provas de Apolo):

Como punir um imortal?
Transformando-o num humano.

Depois de ter enfurecido o seu pai Zeus, o deus Apolo é expulso do Olimpo. Fraco e desorientado, Apolo aterra em Nova Iorque como um adolescente normal. Agora, sem os seus poderes divinos, o "rapaz" de 400 anos tem de aprender a sobreviver no mundo moderno até que ele, de alguma forma, consiga reconquistar a confiança de Zeus.

Mas Apolo tem muitos inimigos- deuses, monstros e mortais que adorariam vê-lo destruído permanentemente. Apolo precisa de ajuda e só consegue pensar num único sítio: a Colónia dos Mestiços (na versão original: Camp Half-Blood).




The Hidden Oracle (The Trials of Apollo, #1)
A capa da edição americana do novo livro de Rick Riordan.


Rick Riordan também partilhou com os fãs a capa da edição britânica:




The Hidden Oracle estará nas prateleiras norte-americanas a partir do dia 3 de maio de 2016, 

Divulgado o primeiro vídeo promocional do filme Fantásticos Monstros & Onde Encontrá-los!

16.12.15, Daniela S.
Já sabemos que o livro Fantásticos Monstros & Onde Encontrá-los, de J.K. Rowling (no Mundo Mágico, é um manual escolar de Newt Scamander), seria adaptado para o grande ecrã. Também já tinham publicado nas redes sociais imagens das filmagens. Desta vez, temos mais imagens do filme e, ainda..... O primeiro teaser trailer!!!


allowfullscreen>

Já começaram as filmagens de O Longo Inverno!

12.12.15, Daniela S.
Depois de uns dias sem publicar nada aqui no blogue (obrigada, Universidade...), cá estou eu de volta, mas não por muito tempo, uma vez que ainda tenho mais uma frequência na próxima terça-feira e não poderei publicar no domingo e na segunda-feira. Contudo, aqui está uma boa notícia para quem gostou de O Longo Inverno, de Ruta Sepetys.




A ação de O Longo Inverno, romance de Ruta Sepetys, ocorre durante a Segunda Guerra Mundial, mas vemos um outro lado da guerra: a NKVD (o principal instrumento de perseguição de Estaline). É-nos narrado o percurso de Lina, que foi deportada, bem como a sua mãe e o seu irmão, para a Sibéria, durante os anos de Estaline. É-nos, então, apresentada a brutalidade da NKVD, as desgraças da guerra, mas também a esperança e a determinação de uma jovem de 15 anos que passou por muito desde que foi para um campo de concentração.






O Longo Inverno
A edição portuguesa de Between Shades of Gray.



Perante uma história tão cruel, mas com uma escrita magnífica, muitos leitores ficaram encantados com o livro, tendo atraído a atenção das empresas Sorrento Productions e Tauras Films.

No início deste ano, foi divulgado que Ben York Jones já tinha concluído o guião e que Bel Prowley irá interpretar a personagem principal, Lina Vilkas.





Bel Prowley será Lina Vilkas na adaptação cinematográfica de O Longo Inverno. Ficou conhecida ao ter sido a protagonista no filme The Diary of a Young Girl.



Ruta Sepetys também já tinha dito que o filme não terá como título Between Shades of Gray (título original do livro). Portanto, o seu título será Ashes in the Snow (tradução livre: Cinzas na Neve).

Em março, foi anunciado que Marius Markevicius será o realizador da adaptação cinematográfica, contando com os produtores Jonathan Schwartz e Zilvinas Naujokas. 



O realizador Marius Markevicius é lituano e americano.

Todos estes pormenores foram divulgado no início deste ano e, desde então, nunca mais falaram sobre o filme. Contudo, no dia 1 de dezembro, a escritora publicou no seu Twitter uma fotografia de um dos locais onde ocorrerão as filmagens.



Embedded image permalink
A equipa das filmagens está a preparar o cenário na Sibéria.


Como já começaram a planear as filmagens, talvez tenhamos mais notícias em breve!

Novidades do dia!

04.12.15, Daniela S.
Decidi escrever, numa única publicação, duas grandes notícias, principalmente para os fãs destas escritoras fantásticas:


Primeiro, temos a edição portuguesa do livros de ilustrações de Harry Potter e a Pedra Filosofal





Jim Kay encantou os fãs da série literária mais famosa de todos os tempos com as suas ilustrações "mágicas". Perante o sucesso internacional, a Editorial Presença decidiu editar o livro, que chegaria a 15 de dezembro às prateleiras portuguesas. Contudo, os portugueses ficaram muito entusiasmados com a notícia e comentaram nas redes sociais da editora que seria melhor se o livro chegasse mais cedo às livrarias. E a Presença ouviu os clientes: a partir de hoje, dia 4 de dezembro, o livro já se encontra disponível para vendas!

As seguintes imagens foram retiradas do site da Editorial Presença:

A primeira ilustração do primeiro capítulo!
Hagrid com a sua mota espetacular!
Diagon-All!!! A área comercial para os feiticeiros. É um local muito movimentado antes do início das aulas em Hogwarts.

Uma das ilustrações do primeiro capítulo.






A notícia seguinte é sobre Veronica Roth, a autora da trilogia distópica Divergente.

Veronica Roth escreveu o primeiro livro da trilogia durante as férias de Natal no seu último ano na Universidade Northwestern.



Neste momento, Roth está a escrever um novo livro de Ficção Científica Fantástica. Hoje, no seu blog (na realidade, na sua conta do Tumblr), a escritora respondeu, de uma forma vaga, às respostas dos seus fãs em relação à sua nova coleção. A autora acabou por dar uma espécie de sinopse do seu livro:



A história ocorre numa época de agitação política (o que já foi dito anteriormente; a própria autora compara o seu novo livro com Star Wars) em que um rapaz, Akos, foi raptado e levado até à nação inimiga. O seu irmão também foi raptado e o ditador acaba por ameaçar Akon, dizendo que colocaria em risco a vida do outro rapaz. Portanto, sem outra opção, Akos acaba por trabalhar com Cyra (a irmã do ditador) para salvar o irmão. Mas é complicado ganhar a confiança de Cyra, bem como a sua bondade! Além disso, a intensa amizade entre Akos e Cyra põe em risco as suas vidas!




Veronica Roth apenas acrescentou alguns detalhes na sua publicação de hoje, uma vez que já tinha dito que a base da sua inspiração para a nova história era Star Wars. Também já tinha anunciado que o primeiro livro será lançado em 2017, sendo que o segundo livro, e o último, chegará em 2018.


Trilogia Divergente. Atualmente, os fãs estão à espera de ver a terceira adaptação cinematográfica, que corresponde à primeira parte do último livro, Convergente.

Topseller aposta mais uma vez num romance de Colleen Hoover!

02.12.15, Daniela S.
Colleen Hoover é uma autora norte-americana muito conhecida, a nível internacional, por escrever livros contemporâneos, maioritariamente Novos-Adultos. Por cá, a Topseller já editou a duologia Hopeless (Um Caso Perdido e Uma Nova Esperança), bem como Amor Cruel, direcionado para um público mais adulto. Os três romances foram muito bem recebido pelos leitores portuguese e a editoria já tinha prometido que iriam voltar a publicar mais livros de Hoover.


Até agora, só li Um Caso Perdido. Para lerem a minha opinião, basta clicar aqui


Edição portuguesa de Hopeless.

O sucesso entre os leitores portugueses não é surpresa nenhuma. Nos EUA, Colleen Hoover tem uma legião de fãs que, por exemplo, adoraram um dos seus romances mais recentes, Confess. Este livro foi publicado em março de 2015 e, por isso, foi um dos nomeados no concurso anual organizado pela Goodreads: Goodreads Choice Awards. Ganhou a categoria de Romance e, quando a Topseller publicou esta notícia, também indicou que Confess chegará às livrarias portuguesas em 2016.


Aqui está a sinopse (traduzida por mim) retirada do Goodreads:

Auburn Reed tem a sua vida inteira planeada. Os seus objetivos estão definidos e não há lugar para erros. Mas quando ela entra num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, ela não estava à espera de sentir uma atração profunda pelo artista enigmático que trabalha lá, Owen Gentry.
Pela primeira vez, Auburn arrisca o seu coração, mas descobre que Owen esconde segredos importantes. O seu passado ameaça destruir tudo o que é importante para Auburn e a única forma de ter a sua vida de volta ao normal é tirar Owen dela.
A última coisa que Owen quer é perder Auburn, mas ele não consegue convencê-la que a verdade, por vezes, é tão subjetiva como a arte. Tudo o que ele poderia fazer pela relação deles seria confessar. Contudo, neste caso, a confissão poderia ser mais destrutiva do que o pecado que ele cometeu.



Confess
A classificação no Goodreads é de 4.32 estrelas.

Ansiosos com esta novidade?

Pág. 1/2