Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Biblioteca da Daniela

A Biblioteca da Daniela

The Fall Bucket List Book Tag

25.10.19, Daniela S.
Há umas semanas, descobri esta book tag, que foi criada pela Tiffany, uma blogger literária que vive nos EUA e adora o outono. Hoje, irei responder aos desafios que ela criou.

Como está em inglês, nas legendas das imagens, irão encontrar a minha tradução dos desafios.



Acende uma vela aromatizada: Um livro que é leve, alegre.

I Believe in a Thing Called Love, de Maurene Goo, pode ser um romance YA contemporâneo cheio de clichés e com decisões muito questionáveis, mas também é uma leitura muito leve e divertida.





Bebe Pumpkin Spiced Lattes: Um livro muito hyped (livro que está em todo o lado).

Devido ao seu enorme sucesso nos EUA, não percebo como é que o romance adulto The Seven Husbands of Evelyn Hugo (ainda) não foi publicado em Portugal.
É sobre Evelyn Hugo, uma antiga estrela de Hollywood, e Monique Grant, que decide entrevistar a atriz. Evelyn conta a verdade sobre a sua vida escandalosa e cheia de glamour, desde os sete maridos que teve até à sua saída da vida de Hollywood nos anos 80. Ao longo do tempo, Monique cria uma ligação com a atriz e pensa mais sobre a sua vida.
Até pessoas que não leem muitos romances adultos adoraram este livro e ele esteve nas bocas do mundo há uns meses. Uma editora portuguesa deveria ter aproveitado o auge do livro, mas penso que não é tarde demais.


The Seven Husbands of Evelyn Hugo



Apanha maçãs: Um livro que tem amizades divertidas.

O coração de Simon contra o mundo, de Becky Albertalli, tem um bom conjunto amizades divertidas! Amizades onde há apoio, amor e respeito, sendo também muito divertidas e repletas de referências da cultura pop!


Bertrand.pt - O coração de Simon contra o mundo



Veste uma sweater acolhedora: Um livro que aquece o teu coração.

A coleção Harry Potter aquece sempre o meu coração, pois estes livros tornaram-me na leitora que sou hoje.


Resultado de imagem para harry potter editorial presença



Podem responder aos desafios desta book tag, mas não se esqueçam de ler primeiro o post original e identificar a Tiffany na vossa publicação!



Opinião: O Fabricante de Bonecas de Cracóvia, de R. M. Romero

16.10.19, Daniela S.




O Fabricante de Bonecas de Cracóvia narra a amizade entre um fabricante de bonecas que vive na Polónia e uma boneca, Karolina, que ganha vida na sua loja. Passa-se no ano de 1939, ou seja, durante a Segunda Guerra Mundial. Quando a ocupação nazi fica cada vez mais poderosa em Cracóvia, Karolina e o Fabricante decidem recorrer à magia para ajudarem os seus amigos judeus. Será um livro muito obscuro ou uma história esperançosa?


Este é o primeiro romance de R. M. Romero e, apesar de ter uma premissa linda e interessante, não me surpreendeu. Na realidade, desiludiu-me um pouco. O desenrolar da história é um pouco lento. A escrita, embora faça recordar os contos de fadas pela sua simplicidade e pelas descrições mágicas, não é extraordinária. Ainda assim, tem alguns aspetos positivos.


O primeiro elemento positivo deste livro é o paralelismo. Não seguimos apenas a vida do Fabricante enquanto alguém que vive numa cidade em guerra. Também temos capítulos sobre a vida cruel da boneca no seu mundo. Lá, os brinquedos andam a "morrer" e a ser capturados pelas ratazanas. É uma alegoria interessante sobre a Segunda Guerra Mundial e torna a história mais "bonita" e menos aterradora para um público mais jovem. Torna o livro um pouco mais leve, não escondendo as atrocidades da guerra e as suas consequências. É uma boa forma de dar a conhecer ao público infantojuvenil o quão horrível foi a Segunda Guerra Mundial.


O livro tem desenhos lindos.


De seguida, a inocência da boneca e das crianças com quem ela cria uma amizade é algo muito doce e inocente. A magia não está apenas presente nas características da boneca, mas também nesta pureza e ingenuidade que prevalecem num tempo marcado pelo preconceito e pela morte. Na página das dedicatórias, a autora escreveu: "Para as crianças que se perderam no Holocausto". É mesmo uma carta recheada de amor, de tristeza e de esperança para estas almas que partiram tão precocemente devido a pessoas maléficas que nunca souberam realmente o que é a bondade, a liberdade, a igualdade, o respeito e o amor. Esta história é uma homenagem amorosa a estas crianças e a todos os inocentes que muito sofreram nesta época sangrenta.



É um livro suficientemente bom para um leitor infantojuvenil. Não é assustador e ensina um pouco sobre estes anos terríveis. Contudo, para mim, e apesar de ter reconhecido os aspetos positivos mencionados acima, não foi marcante. Poderia ter havido mais qualquer coisa. Ou poderia ter sido feito de outra forma. Tem lições bonitas e importantes, a sua inocência é como um conforto, mas falta algo. A autora poderia ter explorado mais as nuances que apresentou, por exemplo. Os elementos de Fantasia poderiam ter sido outros. Já não é a primeira vez que leio uma história sobre brinquedos que agem como seres humanos e o seu mundo mágico. Na parte da Fantasia, este livro não foi nada inovador. Até fez-me lembrar o filme da Barbie sobre o Quebra-Nozes, em que os maus também são os ratos que querem fazer sofrer um mundo de brinquedos e doces.


Um outro exemplo dos muitos desenhos que o livro tem.


Concluindo, O Fabricante de Bonecas de Cracóvia é um livro sobre a Segunda Guerra Mundial que não esconde o ódio e o sofrimento que tanto marcam esta parte negra da História. Ao mesmo tempo, é uma história que tem alguma pureza e esperança. Contudo, desiludiu-me um pouco, pois a parte mágica do livro não foi muito interessante e "original". Apesar disso, recomendo este livro ao público mais jovem (entre os 11-13 anos, talvez).


Classificação: 3.5/5 estrelas.


Foi divulgada a capa da prequela d'Os Jogos da Fome

13.10.19, Daniela S.
No verão, anunciaram que Suzanne Collins iria publicar um livro novo que marcaria o seu regresso ao mundo distópico que criou na trilogia Os Jogos da Fome. É uma prequela que irá contar uma história que se passa 64 anos antes dos Jogos de Katniss Everdeen. Portanto, é sobre a 10.ª edição dos Jogos da Fome.

Muitos fãs acreditam que poderá ser sobre uma personagem que apareceu no segundo livro da trilogia, Em Chamas. Falo de Maggs, a vencedora da 11.ª edição dos Jogos. No entanto, agora sabe-se que será sobre a 10.ª edição. Ainda assim, talvez ela apareça.


Com este livro, Collins pretende explorar o estado da Natureza, o caráter humano e a perceção que temos da nossa sobrevivência. Ao focar-se nos 10 anos após a guerra desta sociedade distópica (guerra conhecida como Idade das Trevas), a autora irá explorar como as personagens veem a humanidade depois de uma guerra. Tal como a trilogia, certamente, será um livro que funcionará como um comentário social.


No dia 4 de outubro, finalmente, mostraram a capa e o título do novo livro. The Ballads of Songbirds and Snakes será lançado no dia 19 de maio de 2020. Ainda não há informações quanto a uma possível edição portuguesa.


Tradução literal do título: A Balada de Pássaros Canoros e Cobras.



Coleções de Leigh Bardugo irão ser adaptadas pela Netflix

08.10.19, Daniela S.
Leigh Bardugo é a autora da trilogia Shadow and Bone e da duologia Six of Crows, que pertencem ao mesmo universo de Fantasia. A trilogia é inspirada numa espécie de Rússia Imperial ocupada por Grishas (pessoas que têm poderes mágicos) e que enfrenta uma entidade obscura. A duologia passa-se dois anos após as ações do último livro da trilogia e segue um grupo de ladrões que habita numa cidade inspirada em Amesterdão. 
Ainda sobre esse mundo mágico, Bardugo também tem antologias. Fora desse universo, a autora, numa espécie de parceria com a DC Comics, escreveu um romance YA sobre a Mulher-Maravilha, Mulher-Maravilha- Dama da Guerra. Hoje, lançou o seu primeiro romance adulto, que inclui magia e sociedades secretas, Ninth House.


Há uns meses, foi anunciado que a trilogia e a duologia seriam adaptadas pela Netflix, ou seja, haverá uma série que irá conter momentos e personagens das duas coleções. A série contará com Eric Heisserer (escritor do guião de Bird Box), Shawn Levy (produtor executivo do extraordinário Stranger Things) e a própria autora dos livros.


Header da conta da autora no Twitter.

No passado dia 2 de outubro, a Netflix, através das redes sociais, divulgou uma fotografia de alguns atores que já foram escolhidos para desempenhar certos papéis.

Image
Da esquerda para a direita: Ben Barnes como General Kirigan, Kit Young como Jesper Fahey, Freddy Carter como Kaz Brekker, Jessie Mei Li como Alina Starkov, Archie Renaux como Malyen Oretsev e Amita Suman como Inej.


A autora, no Twitter, relembrou aos leitores que a personagem de Ben Barnes é o Darkling e que esta personagem tem vários nomes e, por isso, por agora, chama-se Kirigan.

Noutras fontes, podemos verificar que há mais três atores confirmados, como Sujaya Dasgupta (no papel de Zoya), Daisy Head (no papel de Genya) e Danielle Galligan (no papel de Nina).

A produção da série irá começar em Budapeste, mas ainda não há datas quanto ao início das filmagens.


Gilmore Girls Readathon: Lista de leituras

01.10.19, Daniela S.
Para quem não sabe, há uns dias, descobri um desafio literário fantástico relacionado com a série televisiva Gilmore Girls. Se quiserem saber mais sobre este desafio, cliquem aqui.

Hoje é o primeiro dia da read-a-thon e, por isso, decidi divulgar os livros que escolhi ler para esta maratona.

Image
Lista da readthon.

Um livro que tem como cenário uma escola + Livro de um escritor asiático ou que tenha personagens asiáticas: Confissões, de Kanae Minato;





Sinopse retirada do site da Bertrand: Os seus alunos assassinaram a sua filha. Esta é a sua vingança.
Confissões é um romance narrado a várias vozes, magistralmente construído onde o suspense é mantido até o fim, quando as diferentes peças encaixam. Mas também é uma reflexão sobre o sistema educativo, os laços familiares, o comportamento humano, o amor e a vingança.



Um livro sobre a relação entre mãe e filha: Coraline, de Neil Gaiman;



Sinopse portuguesa retirada do site da Bertrand: Na nova casa de Coraline Jones existem vinte e uma janelas e catorze portas. Treze podem-se abrir livremente e uma está sempre fechada. Certo dia, Coraline decide investigar o que existe para lá desta porta misteriosa e descobre uma passagem secreta para outra casa exactamente igual à sua, contudo muito diferente... Nesta casa encontra uma série de coisas muito, muito estranhas, e, outros pais na aparência exactamente iguais aos seus... Esta brilhante história, referida por muitos como uma versão moderna de Alice no País das Maravilhas deu origem a uma empolgante adaptação cinematográfica.




Um livro que se passe no outono/inverno: Hollow City, de Ransom Riggs;



Sinopse portuguesa retirada do site da Bertrand (cuidado com os spoilers, uma vez que este livro é a sequela d'O Lar da Senhora Peregrine Para Crianças Peculiares): Jacob Portman chegou ao Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares em busca de respostas para a misteriosa morte do seu avô - mas encontrou ainda mais mistérios…
Depois de viajar no tempo até 1940, Jacob conhece as crianças peculiares - rapazes e raparigas com poderes sobrenaturais -, e a senhora Peregrine, que toma conta delas e as protege das perigosas criaturas que parecem determinadas a exterminá-las. Quando o lar é destruído e a senhora Peregrine fica em perigo, Jacob, com os seus recém-descobertos poderes, junta-se aos seus novos amigos para tentarem salvá-la. Contudo, as ruas de Londres durante a Segunda Guerra Mundial não são nada seguras para um grupo de crianças sozinhas…
A aventura d'O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares continua em Cidade sem Alma, onde Jacob e os seus amigos têm de enfrentar desafios inimagináveis para se salvarem.


Um livro com interesses amorosos complicados + O próximo livro de uma série que ainda não acabaste de ler: Um Trono Negro, de Kendare Blake;



Sinopse retirada do site da Bertrand (cuidado com os spoilers, pois este livro é a sequela de Três Coroas Negras): A BATALHA PELA COROA COMEÇOU, MAS QUAL DAS RAINHAS VENCERÁ?

Depois de uma Cerimónia de Beltane marcante e com o Ano da Ascensão a decorrer, é altura de rever as apostas e escolher um lado.
Katharine, a gémea frágil e fraca, está mais forte que nunca. Arsinoe tem de descobrir de que forma o seu dom secreto a poderá ajudar. E Mirabella, a vencedora desejada, enfrenta uma oposição nunca vista… e de que poderá não se conseguir defender.
Neste novo capítulo da autora bestseller do New York Times, as rainhas mais mortíferas do mundo têm de enfrentar o implacável obstáculo que se lhes apresenta: elas mesmas.

Quando a batalha terminar, só uma irá reinar.


Um livro com comida na capa ou onde a comida é importante para a história: Não tenho.


É melhor explicar algumas opções, pois elas não correspondem a 100% aos desafios criados.

No caso do livro de Neil Gaiman, já li algures que o papel da mãe da Coraline é muito importante.

Quanto ao livro de Ransom Riggs, a sinopse da versão original indica que a ação irá ocorrer em setembro.

Por fim,  no livro Um Trono Negro, as relações amorosas não são o destaque da coleção. Ainda assim, são relações que se revelam complicadas.

Os meus livros não têm comida na capa e nenhum deles é sobre comida. Como não tenho interesse em livros relacionados com comidas, receitas, etc., decidi não realizar este desafio.



Por agora, é tudo. Quem irá participar na Gilmore Girls Readathon?