Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Apresentação: Requim - Clube Literário

Logótipo do clube.


Sejam bem-vindos ao Requim, um clube de leituras mensal criado por mim. Terá sempre DOIS livros do mês, mas apenas um é obrigatório, enquanto o outro é opcional.

O livro obrigatório será sempre uma edição portuguesa. O livro do mês será sempre selecionado por mim, mas posso, de vez em quando, deixar o público escolher um livro. Neste clube, irei escolher desde YA até literatura para leitores mais velhos, passando por literatura contemporânea, Fantasia, Ficção Científica. etc. Também poderei selecionar, ocasionalmente, um livro infantojuvenil.

Já o livro opcional será sempre em inglês, pois eu também leio muito em inglês. Também sei que há muitos leitores como eu e outros que gostariam de começar a ler livros nesta língua. Sendo assim, decidi que irá haver sempre um outro livro em inglês todos os meses. Como eu sei que também há pessoas que não leem em inglês ou não gostam de ler nesta língua, pensei que o melhor seria tornar esta leitura numa opção.

Criei uma conta no Instagram para o clube. Agora, no início, farei tudo no Instagram. Nos próximos meses de 2021, vou ver se arranjo plataformas mais universais. No Instagram, irei, com a autorização dos leitores, partilhar as suas fotografias, opiniões, os seus comentários, etc. 

Ao longo do mês, poderemos ter discussões semanais sobre os livros selecionados através dos comentários nos posts do Instagram, sendo necessário dividir os capítulos do livro. Por exemplo, no dia 15 de um determinado mês, poderíamos falar sobre os capítulos 1-15, etc. Depende, obviamente, do número de capítulos dos livros.

No final do mês, a discussão será mais geral e também será dada a oportunidade para todos falarem sobre os outros livros que leram e que não têm nada a ver com o clube. É não só uma forma de dar a conhecer outros livros e autores desconhecidos, como também é uma oportunidade para conhecermos outros leitores.

Porquê o nome Requim? O termo requim (ou requinho/requinha) é micaelense e praticamente significa bonito e/ou fofo. É uma das palavras da minha ilha que mais gosto e, tendo em conta que sou micaelense, decidi que o clube deveria refletir essa parte de mim.


O clube irá começar as suas atividades em janeiro. Sei que irão sentir que estou a fazer tudo muito em cima do joelho. Contudo, pensei que seria melhor dar início a tudo agora por ter receio de perder a coragem nos próximos meses. Não vou ficar admirada se não tiver muitos participantes em janeiro. Este projeto vai melhorar e crescer com o tempo. O mais difícil é dar o primeiro passo e é exatamente isso que prefiro fazer agora e não nos próximos meses de 2021. 

O livro "obrigatório" para o primeiro mês do clube é... Ana dos Cabelos Ruivos, de L. M. Montgomery!


Formato físico (capa mole).
Formato ebook.


Nada como inaugurar este clube com a ajuda de um livro sobre a importância da imaginação, a valorização e o respeito pelas diferenças e o poder do amor e da amizade. É um clássico canadense que já fez derreter muitos corações. Além disso, na Netflix, podem ver uma série que foi baseada nesta coleção, Anne with an E. A série acaba por ser muito diferente dos livros, mas, de acordo com os fãs dos livros e da série, a adaptação televisiva mantém a essência das histórias de Montgomery.

Quanto ao livro em inglês, ou seja, a leitura opcional, selecionei I'll Be the One, de Lyla Lee. Penso que é uma boa leitura para quem ainda não se sente seguro quanto ao seu inglês. Além disso, explora temas extremamente relevantes, como a gordofobia, os padrões de beleza, a sexualidade, a dualidade de nacionalidades e de culturas (a protagonista é coreano-americana), etc.


Formato físico.
Formato ebook (inglês).
Formato ebook (PT-BR).


Como podem ver, incluí um link do ebook em PT-BR. Quero que mais pessoas conheçam este livro. Se não quiserem ler em inglês ou não se sentirem bem em ler nesta língua, podem ler a tradução brasileira. Não posso dizer que o mesmo irá acontecer com todos os livros em inglês que serão selecionados, mas, calhou eu descobrir que, por acaso, a Bertrand tem a tradução brasileira deste livro.



Será a primeira vez que vou ler o livro de Montgomery, por isso, vai ser bom partilhar as minhas opiniões com vocês enquanto também leem o livro. Li o livro da Lyla Lee no verão e adorei imenso a leitura. Tinha mesmo de escolher este título como a primeira leitura em inglês do clube


É suposto ser tudo muito simples, leve, divertido e sem stress! Espero que gostem da experiência.