Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As 10 melhores capas de 2020

Sempre que um ano termina, surgem várias publicações sobre as melhores coisas do ano que passou. Neste caso, e sem seguir uma ordem específica, vou mostrar-vos as capas que, para mim, são as melhores do ano.

Vou incluir capas de lançamentos do mercado estadunidense, bem como as de novidades literárias em Portugal. No primeiro caso, as capas são de livros que foram mesmo lançados este ano. Quanto às capas de lançamentos em Portugal, é provável eu referir livros que, na realidade, foram lançados em anos anteriores, mas foram publicados apenas este ano em Portugal.


Ebook em inglês.
Ebook em português do Brasil.
Capa dura em inglês.


Cores lindas e vibrantes, uma modelo carismática e adorável, uma fonte de título bonita... Esta capa tem tudo o que uma capa de um livro precisa para captar imediatamente a atenção do leitor. Além disso, sempre é bom ver pessoas gordas na capa de um livro. A representatividade é importante e todos os corpos merecem destaque e respeito.


Capa dura em inglês.

A capa perfeita para um livro infantojuvenil! Cores fortes e maravilhosas, duas personagens fofas e um gato com uma expressão engraçada. Olho para esta capa e penso: que capa divertida e mágica! Deve ser uma leitura interessante!



Ebook em inglês.
Capa mole em inglês.

Uma ilustração linda e que mostra como é o suficiente saber trabalhar com detalhes e cores básicos! E vejam como a personagem é linda e com uma expressão forte e determinada. Muito cativante!


Capa dura em inglês.

Tal como na capa anterior, um jogo bem feito de duas cores chamativas e o uso de um cenário comum no mundo da ficção científica resultaram numa capa muito apelativa e que homenageia histórias que têm como pano de fundo o espaço. A fonte do título também é muito interessante e dá um certo brilho à capa.


Capa dura em inglês.
Capa mole em inglês (pré-venda).

As capas ilustradas, principalmente as dos livros infantojuvenis, raramente desiludem. Esta capa é uma obra de arte! Rica em detalhes, cores e personagens. Um exemplo de como a capa pode contar muito sobre o livro, mas sem desvendar muitas informações. Que capa linda!



Capa dura em inglês.
Capa mole em inglês.

Este cor-de-rosa é muito bonito. É leve e não ofusca as personagens. As personagens também são muito bonitas e as suas expressões faciais e a linguagem corporal deixam o leitor curiosos. Que olhares são esses? Que história é esta? Simples, mas eficaz.



Sinopse.

Nesta capa, tudo está muito bem conjugado. As cores, as fontes das frases, do título e do nome da autora, as personagens... É um exemplo de como capas ilustradas podem funcionar bem em Portugal em vez de andarem a usar bancas de imagens e ter capas repetitivas nas estantes. Mas isso é toda uma conversa diferente e relacionada com a indústria editorial portuguesa. O que interessa aqui é dar os parabéns a quem fez a capa e deu autorização para que fosse ela a eleita para este livro.





Capa mole em português.


Esta capa revela inteligência da parte de quem esteve envolvido no processo da sua realização. Digo isto porque isto dá a entender que a editora reconhece que o livro é um grande clássico infantojuvenil da língua inglesa, sabendo, ao mesmo tempo, que, na atualidade, existe uma adaptação televisiva conhecida mundialmente e que tem uns quantos fãs em Portugal. A capa tem muito a ver com a Ana do livro, bem como com a Ana da série. Aliás, na série, a Ana usa exatamente essa roupa e esse chapéu. Além disso, as cores são muito alegres e fazem com que o leitor preste atenção ao livro.



Sinopse.

Por fim, apresento-vos um livro infantojuvenil português. A capa e as ilustrações que estão no interior do livro foram feitas pela própria autora. Adoro como há tantas cores na capa, mas elas coexistem. Não sobrecarregam a capa e ajudam a realçar o próprio desenho. Uma capa muito colorida, alegre e apelativa, principalmente para o público principal do livro!

Por agora, é tudo. Que 2021 seja um ano repleto de saúde, amor, alegria, harmonia, bem como de leituras fascinantes!