Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Opinião: Agora Fico Bem, de Jenny Downham

P.S- Pode conter spoilers para quem ainda não tenha lido o livro.

Estou a ler:

O meu resumo: Tessa Scott é uma jovem de 16 anos que tem leucemia desde os 11 anos. Assim, Tessa percebe que a sua vida está prestes a chegar ao fim e, por isso, em conjunto com Zoey, a sua melhor amiga, decide realizar a sua lista de desejos, havendo lá sexo, drogas, etc. Tessa chega a realizar os seus desejos, mas em conjunto com Adam, seu vizinho e que se torna numa pessoa muito importante ao longo dos seus dias, e em conjunto com o pai e a sua mãe distante. Assim, Tessa tem como lema viver os seus dias ao máximo, aproveitar os momentos, não querendo saber das suas consequências.

A minha opinião: Este livro cativou-me. Sinceramente, já tinha lido livros com esta temática, mas a personagem principal não chegava a morrer. Aqui deparo com este caso diferente, mas real. É algo que, infelizmente, é "normal" nos nossos dias. Este livro é chocante, principalmente por ser uma jovem de 16 anos, esta podia ter dito uma vida perfeitamente normal, mas tal não aconteceu. Adorei as suas emoções e os seus desejo, as suas contradições, as suas dúvidas, o facto de querer as pessoas sempre ao seu lado e, ao mesmo tempo, querê-las longe de si. Adorei esta personagem, cativou-me, e não cativou-me apenas devido ao facto de ter uma doença e ser uma guerreira, mas também porque retrata muito bem um papel de adolescente, com as suas emoções fortes e confusas. Adorei o facto de ela prestar atenção a coisas simples do quotidiano, o facto de ela realmente não querer saber das consequências ao realizar os objetivos da sua lista, adorei o facto de, ainda assim, permitir que uma pessoa como Adam entrasse na sua vida, apesar de partir em breve. Adorei o facto de ela pensar muito em si e nos seus objetivos, mas também por pensar na sua família, na sua amiga e no seu namorado. Adorei o facto de nos últimos minutos antes de partir, ela conseguiu pensar em simples coisas, mas que lhe foram marcantes. Adorei tudo, resumidamente.

Apesar de tudo isto, há algo que me intriga um pouco. Intriga-me o facto de, repentinamente, Tessa e Adam terem resolvido as coisas e passarem a ser um casal, apesar de nem se conhecerem muito bem e terem ficado sem falar por uns dias. Gostaria que a autora tivesse feito com que a relação fosse algo conseguida aos poucos. Mas, ao longo da leitura, percebi que talvez a autora fez bem o que fez, pois ela conseguiu passar uma mensagem muito carinhosa, romântica e cheia de desejos quanto a este casal jovem.

É um livro muito bom, cativante, simples e que me faz pensar muito. Faz-me pensar que devia estar mais grata quanto à vida que tenho. Faz-me pensar que devo aproveitar os momentos como cada um fosse o último. Faz-me pensar que devo apreciar mais as mais pequeninas coisas da vida. Faz-me pensar que devo viver.

Gostei deste comentário que encontrei na contracapa, feito por Heat.
«Este romance não deixará de comover as pessoas que o lerem... vai sentir-se feliz por estar vivo.»


Classificação: 5/5 estrelas