Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os meus livros favoritos de 2021 (Top 10)

Hoje é o último dia de 2021 e, por isso, é também o dia perfeito para falar sobre os livros que eu mais gostei de ler este ano.

A minha lista não irá seguir uma ordem específica, ou seja, o primeiro não é necessariamente o favorito e o último o que não gostei tanto. Gostei imenso de todos e prefiro não colocar uma hierarquia.

Tal como fiz na publicação de ontem, não irei colocar as sinopses de cada livro, pois isto iria ficar longo. Deixo, no entanto, links de publicações anteriores onde os livros foram mencionados.

 

The Ones We're Meant to Find, de Joan He, é um romance de Ficção Científica YA soberbo e carregado de mensagens sociais e ambientais fulcrais. A primeira parte do livro foi um pouco complexa devido aos termos científicos, mas a segunda parte foi simplesmente maravilhosa e cativante.

 

The Ones We're Meant to FindSinopse e opinião.

 

Amari e os Irmãos da Noite, de B. B. Alston, foi o melhor infantojuvenil que li este ano. Cheio de aventura, mistérios e personagens interessantes e encantadoras. A escrita é muito boa e adorei as pequenas pinceladas de referências a clássicos literários e como eles foram introduzidos no mundo imaginado pelo autor. Espero que o segundo capítulo também seja publicado em Portugal!

 

Sinopse.

 

Depois, temos Tokyo Ever After, de Emiko Jean. Muitas pessoas, bem como a própria editora, disseram que este romance contemporâneo YA seria perfeito para os fãs de The Princess Diaries. Eu adoro os filmes e, de facto, também adorei ler este livro. Adorei a protagonista e o seu interesse amoroso, o estilo de escrita é simples e o equilíbrio dos momentos mais divertidos com os momentos mais sérios, como a exploração da identidade da protagonista, o choque com a monarquia japonesa em relação ao estilo de vida da personagem principal como uma adolescente normal e as relações familiares complexas. Outro livro que deveria ser publicado em Portugal!

 

Tokyo Ever AfterSinopse.

 

Legendborn, de Tracy Deonn, é um dos lançamentos de 2020 mais falados e amados a nível internacional. Aliás, continuou a ser referido imensas vezes este ano. De facto, é um livro excecional baseado no teor fantástico do Rei Artur. As personagens são complexas e singulares e a autora fez um trabalho maravilhoso na forma como inseriu a história de escravatura dos EUA no seu mundo fantástico. Aborda, então, temas como o racismo, o preconceito e o facto de ser preferível deixar na ignorânica o trauma que as pessoas negras sofreram ao longo da História americana. É uma história fascinante sobre resiliência, luto e a descoberta do eu.

 

Sinopse.

 

O próximo livro da lista é um romance histórico YA. The Forest of Stolen Girls, de Joan He, pode ter como baliza temporal o ano de 1426, mas tem muito a ver com o que acontece atualmente. A violência praticada contra raparigas e mulheres é um grande tema neste romance atmosférico e brilhantemente escrito. É uma história sobre crimes, mas principalmente sobre como este mundo despreza e magoa raparigas e mulheres para os homens continuarem no poder e a achar que são os mais fortes e os melhores. É, ainda, uma história sobre luto e as relações familiares complicadas.

 

The Forest of Stolen GirlsSinopse.

 

A seguir, temos uma coleção contemporânea de novelas gráficas YA que tem vindo a conquistar o público português desde o momento em que o primeiro volume foi publicado em Portugal. Heartstopper Volumes 1, 2 e 3, de Alice Oseman, são sobre dois rapazes e a maneira como eles exploram várias facetas das suas vidas, como a sexualidade, o amor, a amizade, as suas relações com a família, a escola e a saúde mental. As ilustrações são adoráveis e a história é divertida, sabendo abordar com simplicidade e destreza os assuntos mais difíceis. Gostei muito de ler estes livros e fico à espera da edição portuguesa do quarto volume, que será publicada em 2022.

 

Capa do primeiro volume.
Sinopse.

 

The Nature of Witches, de Rachel Griffin, é mais um romance de Fantasia YA que adorei ler este ano. O sistema mágico criado pela autora não é complicado e não posso dizer que seja o sistema mais original de sempre, mas gostei imenso de ler este livro por causa da relação amorosa e dos conflitos interiores da protagonista sobre se deveria ou não aceitar os seus poderes. De facto, por ter uma escrita e um sistema mágico simples, aconselho a sua leitura a quem não tem por hábito ler Fantasia.

 

The Nature of WitchesSinopse.

 

The Last Fallen Star, de Graci Kim, é um outro infantojuvenil que adorei ler este ano. Desde um mundo rico em mitologia coreana e poderes fascinantes até à protagonista encantadora que nos cativa rapidamente, este livro é perfeito para miúdos e graúdos e deveria ser publicado em Portugal. Surpreendeu-me imenso por ser forte quanto às emoções e aos temas incluídos, como o sentimento de pertença, a exploração da identidade e do eu e a importância da família. A protagonista e a presença de figuras mitológicas coreanas são as estrelas deste livro.

 

The Last Fallen StarSinopse.

 

Vicious Spirits, de Kat Cho, é a continuação de Wicked Fox e um lançamento de 2020. Esta duologia paranormal YA é incrivelmente boa. Tal como o livro que mencionei anteriormente, esta duologia é baseada na mitologia coreana, principalmente em figuras como o gumiho e o dokkaebi. Eu sabia que iria gostar do segundo livro, pois tinha gostado imenso do primeiro. No entanto, nunca pensei que iria gostar ainda mais do segundo. Adorei mesmo. Foi repleto de ação e mistérios desde o início até ao fim. Sem dúvida alguma que quero ler mais livros desta autora.

 

Dokkaebi: Vicious SpiritsSinopse.

 

E, finalmente, temos Get a Life, Chloe Brown, de Talia Hibbert. Fico muito feliz ao ver que a Desrotina Editora irá publicar este livro a 17 de fevereiro de 2022, pois é um romance contemporâneo adulto muito bom sobre a importância de não pensar muito e simplesmente viver a vida. Fala, ainda, sobre doenças crónicas e relacionamentos abusivos e tudo isto está inserido de forma genial na história. O estilo de escrita é envolvente e a parte amorosa e sexual do livro deixa-nos de coração cheio.

Como a editora já desvendou a capa portuguesa, deixo uma imagem da mesma nesta publicação.

 

270201878_293420622755379_8223871624461685102_n.jpSinopse.

 

Muitas vezes, os tops podem incluir elementos que vão além do número estabelecido. Decidi realizar um Top 10, mas também escolhi duas menções honrosas. Ambas são leituras perfeitas para crianças e são sobre bruxas! Ilustrações bonitas com cores vibrantes e alegres são também uma característica que têm em comum. Estou a falar de Matilde e a Cidade das Portas Mágicas, de Patrícia Furtado, e de Anna Kadabra - O Clube da Lua Cheia, de Pedro Mañas (texto) e David Sierra Listón (ilustrações).

 

Sinopse.

 

Sinopse.

 

Que livros gostaram de ler em 2021?

 

Votos de um Próspero Ano Novo!

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.