Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sangue Quente, de Isaac Marion

« Tento pensar em coisas para dizer, mas não me ocorre nada, e se por acaso conseguisse lembrar-me de alguma coisa, o mais provável era não conseguir verbalizá-la. Este é o meu grande obstáculo, o maior de todos os pedregulhos que se atravessam no meu caminho. Na minha mente, sou eloquente; sou capaz de escalar intricados andaimes de palavras e alcançar os tetos das mais altas catedrais e pintar os meus pensamentos. Quando abro a boca, no entanto, tudo se desmorona.»