Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se gostas de A, experimenta B (parte 1)

Se gostas de A, experimenta B.png

 

Decidi dar início a um novo conjunto de publicações no meu blogue. Terá um nome simples: "Se gostas de A, experimenta B". Qual é o objetivo? Se conhecem o livro/filme/série A, irei aconselhar-vos o livro/filme/série B. Ou, então, vice-versa. Se gostarem de B, recomendo o A. Será, portanto, uma rubrica de sugestões literárias, cinematográficas e televisivas!

 

Esta primeira publicação terá como ponto de partida três livros. Irei recomendar, a partir deles, três kdramas, isto é, séries televisivas coreanas. Se conhecerem os kdramas, mas não os livros, acontece o inverso. A partir dos kdramas, estarei a recomendar-vos os livros.

 

Vou começar pelo Romance de Verão, de Emily Henry.

Neste romance contemporâneo adulto, "January é uma escritora romântica e uma otimista por natureza. Augustus é um escritor literário indiferente ao amor e frio por opção. Mas January e Gus têm em comum mais do que pensam. Ambos estão: Falidos. Paralisados por bloqueios criativos. Obrigados a escrever bestsellers antes que o verão acabe. A morar ao lado um do outro.

O resultado? Uma aposta para trocar de género literário e ver quem é publicado primeiro.

Durante o verão, Augustus vai escrever uma história feliz, enquanto January vai escrever o próximo Grande Romance Americano.
O risco? Ao contarem as histórias um do outro, as suas vidas poderão ficar viradas do avesso. Mas ela vai levá-lo em visitas de pesquisa dignas de um filme de Hollywood, e ele vai detestar. E ele vai apresentá-la a sobreviventes de um culto mortífero no meio do nada (obviamente) e ela vai ficar indiferente. Certo? Ambos terminarão os seus livros e ninguém se apaixonará. A sério. Mesmo a sério. É isso que vai acontecer."

 

Eu adorei este livro. As personagens são, sem dúvida alguma, o seu grande ponto forte. A escrita da autora não fica nada atrás. Emily Henry é extremamente habilidosa e sabe criar personagens realistas incríveis.

Sei que muitas pessoas, tendo em conta a sinopse, estavam à espera de um livro com mais referências à vida de escritor. Por isso, irei sugerir-vos um kdrama sobre o mundo editorial coreano: Romance is a Bonus Book!

 

 

Tem 16 episódios e é sobre uma mulher que finge não ser licenciada para poder arranjar um emprego numa editora. Lá, trabalha um amigo mais novo dela, que é escritor e editor. Esta série é sensacional e é das melhores histórias que existem sobre a indústria editorial. Podem ler a minha opinião sobre este kdrama aqui.

 

Se gostas de A, experimenta B 1.png

 

 

A seguir, temos uma das minhas grandes leituras de 2021. Em Tokyo Ever After, de Emiko Jean, uma rapariga japonesa e americana normal, Izumi Tinaka, nunca sentiu como se realmente pertencesse a algum lugar, até porque não é fácil ser japonesa e americana na sua pequena cidade no norte de Califórnia, um lugar praticamente composto por pessoas brancas. Tem sido sempre ela e a sua mãe solteira contra o mundo. Mas, entretanto, Izumi descobre que o pai é o príncipe herdeiro do Japão, o que significa que ela também é uma princesa. De repente, Izumi vai até ao Japão e conhece o pai e um país que esteve sempre nos seus sonhos. No entanto, ser princesa não tem apenas a ver com vestidos e bailes. Há primos que conspiram, jornalistas ávidos, um guarda-costas carrancudo, mas bonito que poderá ser a sua alma-gémea e milhares de anos de tradições e costumes para aprender rapidamente. Izumi está entre dois mundos e versões de ela mesma. Em casa, nunca era suficientemente "americana". No Japão, ela deve provar que é suficientemente "japonesa". Irá Izumi cair sob o peso da coroa ou irá ela conseguir viver o seu conto de fadas?

Uma das partes mais interessantes deste livro é a relação entre a protagonista e um guarda-costas. É devido a esta característica do romance que recomendo The K2.

 

 

Nesta série cheia de ação e mistérios, e com a dose certa de romance, "um soldado fugitivo vê-se embrenhado em intrigas pessoais e políticas ao ser contratado como guarda-costas da família de um candidato à presidência". Ji Chang Wook, que desempenha o papel do guarda-costas, e Song Yun-Ah, a vilã, são as grandes estrelas desta história e fizeram-me adorar este kdrama.

 

Se gostas de A, experimenta B 2.png

 

 

Termino este primeiro "episódio" com Wicked Fox, o primeiro de uma duologia de Fantasia Urbana YA de Kat Cho.

Gu Miyoung, uma rapariga de 18 anos, tem um segredo: ela é uma gumiho, uma raposa com nove caudas que devora a energia de homens para poder sobreviver. Como são poucas as pessoas que acreditam nas velhas histórias atualmente e há muitos homens maus dos quais ninguém terá saudades, a moderna cidade de Seoul é o lugar perfeito para se esconder e caçar.

Mas depois de se alimentar numa lua cheia, Miyoung cruza-se com Jihoon, um rapaz humano que está a ser atacado por um goblin na floresta. Ela quebra as regras de sobrevivência para salvar o rapaz e acaba por perder a sua pérola de raposa, a sua alma de gumiho.

Jihoon sabe que Miyoung é mais do que uma rapariga bonita, pois viu as caudas dela na noite em que foi salvo por ela. A sua avó costumava contar-lhe histórias sobre gumihos e os seus poderes e o perigo que eram para os homens. Ele sente-se atraído por ela de qualquer forma.

Com forças mortíferas no fundo, Miyoung e Jihoon desenvolvem uma amizade ténue que acaba por ser algo mais. Mas quando um jovem shaman tenta reunir Miyoung à sua pérola, as consequências são desastrosas e reacendem uma contenda que existe há gerações.

Miyoung vê-se forçada a escolher entre a sua vida imortal e a vida de Jihoon.

Esta duologia é baseada em figuras da mitologia coreana. Como indiquei na minha opinião sobre este primeiro livro, Wicked Fox "lida com temas como a família, a confiança, a lealdade e a crença em nós próprios" e podem encontrar, ainda, "romance, ação, emoções fortes, quer negativas, quer positivas, e figuras míticas incríveis". Deste modo, recomendo-vos Goblin, também conhecido como Guardian: The Lonely and Great God.

 

 

Neste kdrama de Fantasia Contemporânea, Kim Shin, um general militar condecorado da Dinastia Goryeo, é acusado de traição e morto pelo jovem rei. Anos após a sua morte, ele é amaldiçoado pelo Todo-Poderoso para permanecer imortal para sempre, suportando a dor de ver os seus entes queridos morrerem como punição pelos soldados que matou para proteger o seu país. Ele torna-se um goblin imortal, ajudando as pessoas com os seus poderes e sendo um homem gentil, apesar do seu passado de luto. A única maneira de acabar com a sua imortalidade é encontrar a noiva do Goblin.

Com uma banda sonora incrível, um elenco de luxo e um enredo que conjuga na perfeição comédia com momentos mais dolorosos, este kdrama é, simplesmente, uma maravilha.

 

Se gostas de A, experimenta B 3.png

 

 

Termino, assim, a primeira publicação do "Se gostas de A, experimenta B"! Gostaram destas recomendações?

 

 

2 comentários

Comentar post