Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wishlist: Janeiro de 2022 (livros em inglês)

Janeiro tem poucos lançamentos em inglês que me deixaram mesmo curiosa. Contudo, é caso para dizer: "poucos, mas bons"!

 

Em primeiro lugar, temos um infantojuvenil. Em Operation Sisterhood, de Olugbemisola Rhuday-Perkovich, Bo e a mãe sempre tiveram o seu próprio ritmo. Mas, desde que se mudaram para Harlem, o mundo de Bo não acompanha a sintonia. Ela e a mãe agora vivem com o namorado da mãe, Bill, a sua filha Sunday, as gémeas Lili e Lee, os pais das gémeas, assim como com um cão, dois gatos, um dragão barbudo, uma tartaruga e galinhas. Todos na mesma casa! Com tantas pessoas juntas, Bo não tem a certeza se há lugar para ela.

Tendo como cenário Nova Iorque no verão, este livro é sobre uma nova família que atinge todas as notas certas!

 

A Penguin Random House lançou este livro a 4 de janeiro.

 

 

https://i.gr-assets.com/images/S/compressed.photo.goodreads.com/books/1625838231l/56615077._SY475_.jpgBertrand;
Wook;
Blackwell's;
Book Depository.

 

O próximo livro desta lista é um romance contemporâneo YA. One True Loves, de Elise Bryant, é um livro "companion" do Happily Ever Afters, isto é, tem a ver com esse primeiro livro, mas pode existir de forma independente. A protagonista, Lenore Bennett, sempre foi uma força da Natureza. Uma estrela artística e um ícone cheio de estilo na sua escola secundária, ela é uma mestre na arte subtil de... bem, sabem o que é. Contudo, a escola está quase a acabar e ela já não tem tantas certezas.

Ela vai para a NYU no outono com um U escarlate ("undeclared") escrito no seu peito. Os pais dela sempre lhe relembram que as crianças negras não têm o luxo de descobrir as coisas à medida que avançam. Têm de estar 110% preparadas. Mas é muita pressão ser os sonhos mais loucos dos seus ancestrais quando Lenore nem sequer sabe bem ainda que sonhos tem.

Quando a família dela embarca num cruzeiro mediterrâneo após a formatura, a amiga Tessa acha que Lenore vai viver um romance que é um turbilhão. Mas Lenore sabe que isso não acontece a raparigas como ela.

Depois, ela conhece Alex Lee. Quando os pais se conhecem no Cupid Shuffle, ela acaba por ter de ficar com ele até a viagem acabar. Ele é um romântico incurável e um "rapaz dourado" com os próximos 10 anos planeados. Em suma, ele é muito irritante.

Mas, à medida que se conhecem nas paragens pitorescas pela Europa fora, Alex pode ser capaz de ajudar Lenore a encontrar algo pelo qual ela tem andado à procura mesmo que ela não queira admitir isso para si própria: amor.

 

A Balzer & Bray/Harperteen publicou este livro a 4 de janeiro.

 

One True LovesBertrand;
Wook;
Blackwell's;
Book Depository.

 

A próxima novidade tem feito furor nas redes sociais. Daughter of Moon Goddess, de Sue Lynn Tan, é um romance de Fantasia inspirado na lenda de Chang'e, a deusa chinesa da lua.

Como cresceu na lua, Xingyin está habituada à solidão, não se apercebendo de que se encontra escondida do temido Imperador Celestial, que exilou a sua mãe por roubar o seu elixir da imortalidade. Todavia, quando a magia de Xingyin se exalta e a sua existência é descoberta, ela é forçada a fugir, deixando a sua mãe para trás.

Sozinha, sem poderes e assustada, ela vai até ao Reino Celestial, uma terra de maravilhas e segredos. Escondendo a sua identidade, ela procura por uma oportunidade para aprender ao lado do filho do imperador, dominando o arco e flecha e a magia, mesmo quando a paixão arde entre ela e o príncipe.

Para salvar a sua mãe, Xingyin embarca numa missão perigosa, confrontando criaturas lendárias e inimigos cruéis na terra e nos céus. Mas quando a traição está à espreita e a magia proibida ameaça o reino, ela deve desafiar o implacável Imperador Celestial
pelo seu sonho, fazendo uma promessa perigosa que a deixa dividida entre perder tudo o que ela ama e mergulhar o reino no caos.


Foi lançado a 11 de janeiro pela Harper Voyager.

 

Daughter of the Moon GoddessBertrand;
Wook;
Blackwell's;
Book Depository.

 

Por fim, temos um romance histórico misterioso YA que já foi mencionado no blogue. Em The Red Palace, de June Hur, entrar no palácio significa andar num caminho manchado de sangue...

Joseon (Coreia), 1758. Há poucas opções disponíveis para filhas ilegítimas na cidade capital, mas, através do trabalho e estudo árduos, Hyeon, de 18 anos, obteve um lugar como enfermeira do palácio. Tudo o que ela quer é olhar para o chão, fazer um bom trabalho e, talvez, finalmente ganhar a aprovação do seu pai afastado.

Mas Hyeon encontra-se subitamente no mundo escuro e perigoso das políticas da corte quando alguém assassina quatro mulheres numa só noite e o suspeito principal é o mentor e amigo próximo de Hyeon. Determinada a provar a inocência do seu querido professor, Hyeon inicia a sua própria investigação secreta.

Na sua caça pela verdade, ela conhece Eojin, um jovem inspetor que também procura pelo assassino. Quando as provas começam a apontar o Príncipe Herdeiro como o homicida, Hyeon e Eojin devem trabalhar em conjunto para procurar nos cantos mais sombrios do palácio os segredos letais por detrás do banho de sangue.

 

Foi publicado ontem, 25 de janeiro, pela Feiwel & Friends.

 

The Red PalaceBlackwell's;
Book Depository.

 

 

Destes livros, já encomendei as duas últimas novidades da lista. Quanto ao Daughter of Moon Goddess, encomendei a edição britânica, que tem uma capa diferente. É, também, a edição que parecia estar mais disponível no site da Bertrand. Encomendei The Red Palace apenas uns dias antes do lançamento. Não sei se terei problemas, pois, quando o livro esgota rapidamente, as pessoas que encomendaram um exemplar apenas uns dias antes podem sofrer um pouco com isso. Uma vez, cancelaram uma encomenda minha desta forma. Espero que corra bem e que chegue tudo a casa em condições.

 

Daughter of the Moon GoddessA capa britânica de Daughter of the Moon Goddess.

 

 

O que acham desta lista?