Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wishlist: Lançamentos de janeiro (Portugal)

A partir de agora, mensalmente, irei mencionar livros que gostaria de comprar e que foram lançados num determinado mês em Portugal. Isto não significa que vou comprar todos, o que seria espetacular. É apenas uma forma de divulgar livros, principalmente aqueles que têm a ver com os meus gostos pessoais.

O mundo editorial português não aposta tanto quanto isso nos primeiros três ou quatro meses do ano, digamos assim. Vão ver que o catálogo será um pouco mais cheio e diversificado nos meses do tempo mais quente. Claro que isso não significa que é impossível termos livros interessantes nesta altura do ano. Aliás, em qualquer mês, há sempre alguma coisa para toda a gente. Em janeiro, houve três lançamentos que me deixaram curiosa.


Em primeiro lugar, temos Fernando Pessoa - O Romance, de Sónia Louro. Na realidade, é uma reedição e, desta vez, é um livro de bolso. É um romance biográfico que, graças a uma pesquisa meticulosa, inclui a vida do poeta em África do Sul, a fundação de Orpheu e o amor de Pessoa por Ophélia Queiroz.


Foi lançado pela Saída de Emergência e chegou às livrarias no dia 17 de janeiro.


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, texto e ar livre
Sinopse.



De seguida, temos E se formos nós, de Adam Silvera e Becky Albertalli. É um romance jovem adulto contemporâneo sobre dois rapazes que, um dia, se cruzam. Arthur está em Nova Iorque e acredita que, tal como acontece nos musicais de Broadway, irá encontrar o amor da sua vida na grande cidade americana. Já Ben não acredita no amor e não queria nada ir aos correios para enviar os objetos pessoais do seu ex-namorado. Muito diferentes, não acham? O que irá acontecer depois de se cruzarem?

Foi lançado pela Topseller e chegou às lojas no dia 20 de janeiro.


E se Formos Nós
Edição portuguesa.
Sinopse.


Por fim, temos Corpos Celestes, de Jokha Alharti. É um romance que narra a vida de três irmãs que vivem numa aldeia em Omã. Mayya casa-se depois de um desgosto amoroso, enquanto Asma casa-se por obrigação. Khawla rejeita todas as propostas, pois está à espera do seu amado, que emigrou para o Canadá. Ao mesmo tempo, o livro explora o desenvolvimento de Omã e uma sociedade tradicional e esclavagista, não esquecendo a era pós-colonial e o presente complexo. No ano passado, venceu o prémio Man Booker International Prize.

Foi lançado pela Relógio d'Água e chegou ao mercado no dia 27 de janeiro.


A imagem pode conter: texto
Sinopse.


O que acham destes lançamentos de janeiro?